Economia Inadimplência do consumidor sobe 16,9% em um ano

Inadimplência do consumidor sobe 16,9% em um ano

Dados da Serasa Experian levam em conta os primeiros nove meses de 2015

Inadimplência do consumidor sobe 16,9% em um ano

Em agosto, indicador caiu por conta do menor número de dias úteis

Em agosto, indicador caiu por conta do menor número de dias úteis

Pedro Amatuzzi/Código19/Estadão Conteúdo

Os registros de pagamentos em atraso do consumidor brasileiro em agosto foram 16,7% maiores do que no mesmo mês do ano passado, informou nesta segunda-feira (14) a Serasa Experian.

Segundo a companhia especializada em informações de crédito, no acumulado do ano até agosto, o índice subiu 16,9% ante mesma etapa de 2014.

De acordo com economistas da Serasa Experian, o movimento reflete o cenário econômico bastante adverso, incluindo inflação, juros e desemprego elevados.

Sobre julho, porém, o indicador de agosto teve queda de 2,8%, devido à menor quantidade de dias úteis em agosto (21 contra 23), afirmou a Serasa Experian.

A metodologia considera as variações no número de cheques sem fundos, títulos protestados, dívidas vencidas com bancos e dívidas não bancárias (cartões de crédito, financeiras, prestadoras de serviços públicos) em todo o País.

Leia mais notícias de Economia

Perdeu algum programa da Record? Assista no R7 Play