Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Inflação menor e melhora do mercado de trabalho guiam aumento do consumo das famílias

Na ótica da demanda, o segmento cresceu 1,1% e fechou o terceiro trimestre com o nono avanço consecutivo, mostra IBGE

Economia|Do R7


Inflação menor ajuda a elevar o consumo das famílias
Inflação menor ajuda a elevar o consumo das famílias

As despesas de consumo das famílias aumentaram 1,1% no terceiro trimestre deste ano e contribuíram para o leve avanço de 0,1% da economia brasileira no período, mostram dados divulgados nesta terça-feira (5) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)

Para Rebeca Palis, coordenadora do Sistema de Contas Nacionais Trimestrais, os programas de transferência de renda, a melhora do mercado de trabalho, a inflação mais baixa e o crescimento do crédito explicam esse avanço.

"Por outro lado, apesar de começarem a diminuir, os juros continuam altos, e as famílias seguem endividadas", observa a pesquisadora ao comentar a nona alta trimestral consecutiva do consumo das famílias.

Ainda na ótica da demanda, as despesas do governo perderam força e cresceram 0,5% no terceiro trimestre. O valor é a metade do apresentado entre abril e junho (+1%). Ante o mesmo período do ano passado, o volume de gastos é 1,7 ponto percentual menor. 

Publicidade

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Assine a newsletter R7 em Ponto

Houve também queda de 2,5% nos investimentos (Formação Bruta de Capital Fixo), em comparação com o segundo trimestre, a quarta baixa seguida do indicador. Segundo Rebeca, o resultado é um reflexo da política monetária contracionista, com queda na construção e também na produção e importação de bens de capital. "Todos os componentes que mais pesam nos investimentos caíram neste trimestre”, analisa ela.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.