Julho registra saldo positivo de 168 mil novas empresas no país

Balanço do Ministério da Economia divulgado nesta terça considera a abertura de cerca de 250 mil empresas e o fechamento de 81,9 mil

O mês de julho registrou saldo positivo de 168.492 empresas abertas no Brasil, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (11) pelo Ministério da Economia. Os dados apontam que, no mês passado, foram abertas 250.308 empresas no país. No mesmo período, foram fechados 81.816 negócios. O total de empresas ativas no Brasil em julho alcançou a marca de 18.990.039.

Os números fazem parte da ferramenta Mapa de Empresas, disponibilizada pelo ministério.

País teve mais aberturas de empresas do que fechamentos

País teve mais aberturas de empresas do que fechamentos

Reuters

Os estados que registraram maiores crescimentos na abertura de novos negócios no país em julho, na comparação com o mês anterior, foram: Alagoas (+19,82%), Rio Grande do Norte (+12,51%) e Pernambuco (+11,72%).

Entre as principais atividades econômicas abertas no mês de julho, na comparação com o mês anterior, destacam-se: “preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo” (+7,52%); e “comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios” (+1,61%).

O Amapá registrou o maior aumento no número de empresas fechadas na comparação com o mês de junho: + 34,07%.

Produção industrial cresce em 14 dos 15 locais pesquisados, diz IBGE

Entre as principais atividades econômicas fechadas no Brasil, registraram aumento no número de negócios encerrados (comparação com junho/2020): “comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios – minimercados, mercearias e armazéns” (+11,81%); e lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares (+7,08%).

Tempo de abertura

O empreendedor leva, em média, três dias para abrir uma empresa no país, segundo dados de julho do Mapa de Empresas. O número representa uma queda de 5,56% na comparação com o mês anterior, quando o tempo registrado foi de 3 dias e 4 horas.

O Distrito Federal continua sendo a unidade da Federação que possui o menor tempo para abertura de empresas. Na capital federal, leva-se 23 horas para o empresário iniciar seu negócio, segundo o Mapa de Empresas.

Apesar de ter seu tempo médio de abertura reduzido em 31,98% em julho, a Bahia ainda é o estado em que se leva mais tempo para abrir uma empresa no país: 8 dias e 20 horas.