Magazine Luiza compra startup de delivery de comida AiQFome

O Magazine Luiza anunciou há pouco a aquisição da startup de delivery de comida AiQFome, com sede na cidade paranaense de Maringá. A plataforma já atende mais de 2 milhões consumidores em 350 cidades e deve atingir mais cerca de 150 municípios neste ano. O foco são cidades do interior, de 15 mil a 300 mil habitantes. Por enquanto, a empresa não opera a logística de entregas, apenas faz a ponte entre os clientes e os restaurantes. Com a aquisição do Magalu, porém, os testes para iniciar esse processo começam ainda este mês.

"O plano da AiQFome é continuar crescendo em cidades pequenas e médias. Mas com o Magalu a gente vai acelerar o plano. O Magazine Luiza também começou em cidades pequenas até chegar em São Paulo", diz Roberto Bellissimo, diretor-financeiro do Magalu. Ele diz que vê na AiQFome uma oportunidade de garantir recorrência de compra e de avançar em operação logística. Os motociclistas que passarão a fazer delivery para a nova plataforma podem integrar a malha da própria companhia. "Antes nossa malha era toda de caminhões, hoje é de Fiorinos", exemplifica Belissimo, mostrando como a rede pode evoluir.

Segundo o Magazine Luiza, a AiQFome recebe milhões de pedidos por ano, preparados por 17 mil restaurantes parceiros. Em média, cada usuário faz mais de três pedidos por mês. Com cerca de 90 funcionários, a startup ainda não definiu, porém, o modelo de contratação dos motoboys para seus testes de entregas. Das cidades em que a plataforma já opera, 70% tem lojas do Magazine Luiza.