Economia Mercado reduz projeções para o déficit primário em 2021 e 2022, mostra Prisma Fiscal

Mercado reduz projeções para o déficit primário em 2021 e 2022, mostra Prisma Fiscal

MACRO-PRISMA-AGOSTO:Mercado reduz projeções para o déficit primário em 2021 e 2022, mostra Prisma Fiscal

Reuters - Economia

BRASÍLIA (Reuters) - O mercado reduziu a estimativa para o déficit primário do governo central neste ano e no próximo após elevar a projeção para as receitas públicas no período, mostrou o relatório Prisma Fiscal de agosto divulgado nesta quinta-feira pela Secretaria de Política Econômica.

A mediana das projeções para o resultado primário deste ano feitas por economistas e instituições de pesquisa consultados na pesquisa aponta para um déficit de 163,6 bilhões de reais, ante um rombo de 184,3 bilhões de reais estimados no mês passado. Para 2022, a projeção recuou para um saldo negativo de 100,6 bilhões de reais, de 116 bilhões de reais estimados antes.

Nos dois anos, a redução do rombo resultou de uma melhora na projeção de arrecadação --para 1,776 trilhão de reais em 2021 (1,755 trilhão de reais antes) e 1,889 trilhão de reais em 2022 (1,867 trilhão de reais).

Com a perspectiva de um déficit primário menor, a projeção para a dívida bruta recuou ligeiramente, para 82% do Produto Interno Bruto em 2021 (82,77% antes) e 83,20% em 2022 (83,24% antes).

Últimas