Economia Moral do investidor alemão piora com medo de coronavírus, diz ZEW

Moral do investidor alemão piora com medo de coronavírus, diz ZEW

Reuters

BERLIM (Reuters) - O clima entre os investidores alemães se deteriorou muito mais do que o esperado em fevereiro devido à preocupação de que o surto de coronavírus na China possa prejudicar o comércio mundial e aprofundar uma recessão industrial na Alemanha, mostrou uma pesquisa divulgada nesta terça-feira.

O instituto ZEW disse que sua pesquisa mensal mostrou que o sentimento econômico entre os investidores caiu para 8,7, ante 26,7 em janeiro. Economistas esperavam uma queda para 21,5.

A pesquisa soma-se às expectativas de que a maior economia da Europa continuará perdendo impulso no primeiro semestre de 2020, à medida que seus fabricantes permanecem em uma recessão provocada pela redução nas exportações.

"Os temidos efeitos negativos da epidemia de coronavírus na China sobre o comércio mundial estão causando um declínio considerável do indicador de sentimento econômico para a Alemanha", disse o presidente do ZEW, Achim Wambach.

"As expectativas em relação ao desenvolvimento dos setores da economia intensivos em exportação caíram acentuadamente", acrescentou.

Um indicador separado que mede a avaliação dos investidores sobre as condições atuais da economia diminuiu de -9,5 para -15,7. Analistas previam uma leitura de -10,3.

A economia alemã estagnou no quarto trimestre devido ao menor consumo privado e aos gastos mais fracos do Estado, renovando os temores de uma recessão.

(Por Joseph Nasr)

Últimas