Economia Preço do aluguel comercial avança 0,91% no 1º semestre, diz FipeZap

Preço do aluguel comercial avança 0,91% no 1º semestre, diz FipeZap

Índice divulgado nesta terça mostra aumento, mas em percentual abaixo da inflação registrada no mesmo período

Preço do aluguel comercial avança 0,91% no 1º semestre, diz FipeZap

Preço do aluguel comercial avança 0,91% no 1º semestre, diz FipeZap

Reprodução Fotos Públicas

O preço médio de locação de salas e conjuntos comerciais de até 200 metros quadrados apresentou aumento de 0,91% no primeiro semestre de 2021, segundo dados divulgados nesta terça-feira (27) pelo Índice FipeZap Comercial, que monitora o preço dos anúncios em 10 grandes cidades do país.

No mesmo período, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que inclui segmentos como o da alimentação, teve elevação de 3,77% , e o IGP-M, que abrange setores como materias de construção e câmbio, variou 15,08%.

O preço médio de venda teve uma variação menor, uma ligeira queda de 0,16%.

Parte do crescimento dos preços de locação se deu em junho, quando o preço médio de locação avançou +0,11%. As variações positivas registradas no Rio de Janeiro (+0,40%), em São Paulo (+0,30%) e em Campinas (+0,14%) se sobrepuseram aos recuos nas demais cidades obsevadas para a composição do índice.

Os demais municípios monitorados pelo Fipezap são: Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Brasília (DF), Salvador (BA) e Niterói (RJ).

Preço do metro quadrado

O valor médio do metro quadrado de imóveis comerciais anunciados nas cidades monitoradas pelo Índice FipeZap Comercial foi de R$ 8.396, no caso de imóveis comerciais anunciados para venda, e de R$ 37,35, entre aqueles destinados para locação.

Entre todas as 10 cidades monitoradas pelo Índice FipeZap Comercial, a cidade de São Paulo se destacou com o maior valor médio tanto para venda de salas e conjuntos comerciais de até 200 m² (R$ 9.634) quanto para locação de imóveis do mesmo segmento (R$ 44,42).

Últimas