Economia Presidente da Petrobras diz que aumento da gasolina não se anuncia, pratica-se

Presidente da Petrobras diz que aumento da gasolina não se anuncia, pratica-se

Após reunião, Estatal afirmou que não há decisão sobre reajuste no preço da gasolina

  • Economia | Do R7, com Agências

Pronunciamento afirma que não há decisão quanto a reajuste no preço da gasolina e também do diesel

Pronunciamento afirma que não há decisão quanto a reajuste no preço da gasolina e também do diesel

Getty Images

A presidente da Petrobras, Graça Foster, desconversou nesta terça-feira (4) ao ser questionada sobre um possível aumento da gasolina nos próximos dias. Ao sair da reunião do Conselho de Administração da empresa, ela limitou-se a dizer que reajustes não são anunciados na portaria da Estatal.

— Aumento da gasolina não se anuncia, pratica-se.

A reunião, que começou por volta das 9h30, durou cerca de nove horas. Além de discutir o preço dos combustíveis, o Conselho de Administração debateu a aprovação do balanço da Petrobras no terceiro trimestre.

Em nota divulgada após a reunião, a Petrobras afirmou que "até o momento" não há decisão quanto a reajuste no preço da gasolina e do diesel, amplamente aguardado pelo mercado.

— Em relação ao reajuste de preços, a companhia reitera o que foi divulgado em comunicado ao mercado no dia 29/10/2014, que este assunto é discutido frequentemente pela sua Diretoria Executiva e pelo seu Conselho de Administração, mas, até o momento, não há decisão quanto a reajuste no preço da gasolina e do diesel.

Leia mais sobre Economia e ajuste suas contas

Preço da gasolina deve subir até o fim de 2014, diz ministro da Fazenda

O último aumento dos combustíveis foi anunciado em 29 de novembro do ano passado, quando a Petrobras elevou o preço da gasolina nas refinarias em 4% e do diesel em 8%.

O encontro começou na última sexta-feira (31), em São Paulo, mas tinha sido suspenso e continuou hoje (4) em Brasília. Presidente do Conselho de Administração da Petrobras, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, saiu pela portaria dos fundos sem falar com a imprensa.

De acordo com a assessoria de imprensa da Petrobras, qualquer decisão sobre preços de combustíveis cabe à diretoria executiva da empresa, comandada por Graça Foster. O Conselho de Administração reúne-se apenas para definir políticas e diretrizes para a Estatal. Dessa forma, mesmo que o conselho tenha decidido a favor do aumento da gasolina, a definição e a divulgação do valor do reajuste podem demorar vários dias.

Quanto aos resultados da companhia, a assessoria de imprensa esclareceu que os números não precisam ser divulgados no mesmo dia da aprovação do balanço pelo Conselho de Administração. As ações da Petrobras fecharam o dia com queda de 1,68%, mas a Bolsa de Valores de São Paulo tinha fechado antes do fim da reunião.

Seja bombardead@ de boas notícias. R7 Torpedos

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

Últimas