Economia Referência do BCE à Grécia é forte sinal de apoio, diz Lagarde

Referência do BCE à Grécia é forte sinal de apoio, diz Lagarde

MACRO-BCE-LAGARDE-GRECIA:Referência do BCE à Grécia é forte sinal de apoio, diz Lagarde

Reuters - Economia

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) enviou um "sinal forte" ao dizer explicitamente que poderia reinvestir os recursos de seu esquema de compra emergencial de títulos em papéis do governo grego se o país precisar de apoio, disse a presidente do BCE, Christine Lagarde, nesta quinta-feira.

O BCE comprou cerca de 35 bilhões de euros em títulos do governo grego sob seu Programa de Compra de Emergência Pandêmica (PEPP, na sigla em inglês), que expira em março. Mas a dívida grega foi excluída do antigo e contínuo Programa de Compra de Ativos (APP, na sigla em inglês) do BCE devido à sua baixa classificação de crédito.

"A Grécia melhorou suas classificações, mas não tem a classificação que a torna elegível sob o APP e, por esta razão, decidimos ter uma referência específica à Grécia e ao Banco Helênico (BC grego)", disse Lagarde em coletiva de imprensa.

"Esse é um sinal realmente forte, e é raro termos uma cláusula específica de um país... Essa cláusula em particular foi fortemente apoiada no Conselho de Governança."

Mais cedo, o BCE havia dito que poderia ajustar seus reinvestimentos do PEPP no caso de uma nova fragmentação do mercado relacionada à pandemia de Covid-19.

"Isso poderia incluir a compra de títulos emitidos pela República Helênica (Grécia), além de rolagens de resgates, a fim de evitar uma interrupção das compras nessa jurisdição, o que poderia prejudicar a transmissão da política monetária para a economia grega enquanto ela ainda está se recuperando das consequências da pandemia", disse o órgão em comunicado.

(Por Francesco Canepa)

Últimas