Esquenta Enem Cruzeiro do Sul Virtual Redação Interativa: A desigualdade social no Brasil, suas causas e consequências

Redação Interativa: A desigualdade social no Brasil, suas causas e consequências

Correção gratuita com professores especialistas do Enem

A desigualdade social no Brasil, suas causas e consequências

A desigualdade social no Brasil, suas causas e consequências

Arte R7

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema A DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL: CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

INSTRUÇÕES PARA A REDAÇÃO
• O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
• O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
• A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.

Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que:
• Tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada “texto insuficiente”.
• Fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo.
• Apresentar parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto.

REDAÇÃO TEXTO 1:

"A desigualdade social e a pobreza são problemas sociais que afetam a maioria dos países na atualidade. A  pobreza  existe  em  todos  os  países,  pobres  ou  ricos,  mas  a  desigualdade  social  é  um  fenômeno  que  ocorre principalmente em países não desenvolvidos.

O conceito de desigualdade social é um guarda-chuva que compreende diversos tipos de desigualdades, desde  desigualdade de oportunidade,  resultado, etc., até desigualdade  de  escolaridade,  de  renda, de gênero, etc. De modo geral, a desigualdade econômica – a mais conhecida – é chamada imprecisamente de desigualdade social, dada pela distribuição desigual de  renda. No Brasil, a desigualdade  social tem sido um cartão de visita para o mundo, pois é um dos países mais desiguais. Segundo dados da ONU, em 2005 o Brasil era a 8º nação mais desigual do mundo. O índice Gini, que mede a desigualdade de renda, divulgou em 2009 que a do Brasil caiu de 0,58 para 0,52 (quanto mais próximo de 1, maior a desigualdade), porém esta ainda é gritante."

Fonte: Brasil Escola - Ver o texto na íntegra

REDAÇÃO TEXTO 2:

"As desigualdades sociais e econômicas fazem parte de todos os países, independentemente de ser rico ou pobre, embora seja mais efetivo em nações subdesenvolvidas que sofrem com as consequências oriundas do período  colonial.  São  várias  as  causas  que  contribuem  para  a  condição  de  subdesenvolvimento  em  que  se encontram muitos países. Dentre elas, as principais são:

-Disparidade  em  relação  à  distribuição  da  renda,  ou  seja,  uma  grande  parcela  da  população  recebe baixos rendimentos, o que contribui para o agravamento da pobreza. Geralmente a riqueza permanece nas mãos de uma minoria, enquanto a maioria vive com sérios problemas sociais."

Fonte: Brasil Escola - Ver o texto na íntegra

REDAÇÃO TEXTO 3:

Uma fotografia de um menino negro de nove anos, em tronco nu, a assistir ao fogo-de-artifício em Copacabana, tornou-se viral depois de o fotógrafo a partilhar. Os comentários e as partilhas dividem-se entre a "indiferença" ou "apenas o espanto" perante o espetáculo.

A desigualdade social no Brasil: causas e consequências

A desigualdade social no Brasil: causas e consequências

Divulgação

Últimas