Educação Hub discute desafios da educação no 'novo normal' pós-pandemia

Hub discute desafios da educação no 'novo normal' pós-pandemia

Evento online discute quais as conexões para o futuro em plataforma online a partir desta quarta-feira (8) e terá duração de três dias

  • Educação | Karla Dunder, do R7

Andreia Fernandes no HUB do ano passado

Andreia Fernandes no HUB do ano passado

OBR Produtora/Divulgação

Quais os caminhos da educação após a pandemia do novo coronavírus? Quais as práticas que apontam para o futuro? Essas questões e outras serão debatidas por profissionais remonados do setor no hub Conexões para a educação do futuro, que começa nesta quarta-feira (8) e terá duração de três dias.

O evento presencial é realizado anualmente no Rio de Janeiro, mas este ano, diante do isolamento social, se transformou em uma plataforma online composta por diferentes formatos: de webinars e lives a artigos, ebooks e podcasts. Esse conteúdo tem sido compartilhado desde abril e agora em julho será realizado o hub.

A proposta é trocar experiências e conhecimento. O hub discute quais são as principais tendências para o ensino e principalmente reflexões sobre o futuro da educação envolvendo todos os agentes – escola, família e alunos – presentes no processo de aprendizagem, o “hub20 online” vai discutir os desdobramentos da comunidade escolar diante dos desafios impostos pelo impacto do coronavírus em toda a sociedade.

"Duas questões chamam muito a atenção e serão discutidas durante o hub, a arquitetura das escolas e os aspectos sócio-emocionais no retorno às aulas presenciais", explica Andreia Fernandes, Coordenadora Acadêmica do Edify.

As escolas vão precisar se adaptar, reorganizar os espaços para que não haja aglomeração, principalmente na entrada e saída e recreio, o problema é que muitas escolas no país não tem espaço adequado para isso. "É preciso que a escola se organize, mas também é fato que as aulas remotas devem continuar pelo menos até dezembro."

Outro aspecto a ser debatido no evento é a questão emocional. "Os professores precisam estar muito bem preparados para o retorno porque muitas crianças perderam membros da família, nos primeiros dias é preciso colocar o acolhimento em primeiro plano", avalia Andreia.

Para Andreia é fundamental ouvir as crianças. "As atividades devem ser em local aberto e os professores devem encorajar seus alunos a expressarem seus sentimentos."

As escolas também terão como desafio de entender o que cada estudante conseguiu aprender neste período uma vez que não há igualdade de acesso à tecnologia.

Com relação ao futuro da educação, é possível prever um cenário mais digital, com alunos mais autônomos, que sabem pesquisar e buscar o conhecimento guiados pela escola.

HUB

Para conferir essas discussões, os interessados devem acessar o link pela internet e assinar a newsletter com inscrição pelo portal. 

Todo o material, produzido por equipe do programa bilíngue Edify e por uma rede de parceiros, será destinado a diferentes públicos. Haverá discussões voltadas a mantenedores ou diretores de escolas, a professores e a educadores em um sentido mais amplo (incluindo coordenadores, pais ou responsáveis). Entre as principais missões do hub20 online, está apresentar e debater possíveis formas de reagir ao momento, e capacitar professores para um novo modelo de sala de aula.

Últimas