Educação Unicamp libera consulta aos locais de prova para segunda fase

Unicamp libera consulta aos locais de prova para segunda fase

Estudantes devem conferir os dados no site da Comvest. Provas foram adiadas e serão aplicadas nos dias 8 e 9 de fevereiro

  • Educação | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Segunda fase do vestibular será nos dias 8 e 9 de fevereiro
  • Lista de locais de prova não é igual a da primeira fase do vestibular
  • Mais de 15 mil estudantes foram aprovados para esta etapa
  • Questões são dissertativas e candidato tem cinco horas para terminar a prova
Unicamp liberou hoje consulta aos locais de prova para a segunda fase do vestibular

Unicamp liberou hoje consulta aos locais de prova para a segunda fase do vestibular

Divulgação / Unicamp

A Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp) liberou nesta sexta-feira (29) a consulta aos locais de prova para os 15.470 candidatos convocados para a segunda fase. A lista pode ser consultada aqui.

A data do exame foi alterada para os dias 8 e 9 de fevereiro, com a intenção de não prejudicar os candidatos que farão o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) digital, no dia 7, e ainda para evitar aglomeração decorrente da maior circulação de estudantes na data. 

A segunda fase será realizada em 22 cidades do país, sendo as capitais Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Salvador e São Paulo, e outras 16 cidades paulistas. São oferecidas 3.237 vagas em 69 cursos de graduação da Unicamp.

A Comvest ressalta que os candidatos devem ficar atentos aos locais das provas, já que eles não serão necessariamente os mesmos onde o estudante realizou a primeira fase.

No site da Comvest, é possível consultar as notas de corte por curso e a tabela com a relação candidatos-vaga para a segunda fase assim como as notas obtidas individualmente pelos candidatos na primeira fase. Este ano, 66.936 candidatos fizeram a prova da primeira fase, realizada nos dias 6 e 7 de janeiro. 

Segunda fase

As provas da segunda fase tem duração de cinco horas em cada dia. As questões são dissertativas. As provas têm uma parte comum a todos os candidatos e uma parte diversificada, de acordo com a área de conhecimento do curso escolhido em 1ª opção (Ciências Biológicas/Saúde; Ciências Exatas/Tecnológicas, Ciências Humanas/Artes).

Cada questão dissertativa vale quatro pontos, cada uma contendo dois itens, valendo dois pontos cada. 

Primeiro dia:
– prova de Redação (composta por duas propostas de textos para que o candidato eleja e execute apenas uma proposta);
– prova de Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, com oito questões;
– duas questões interdisciplinares em Língua Inglesa.

Segundo dia:
– prova de Matemática com seis questões;
– prova interdisciplinar de Ciências Humanas com duas questões;
– prova interdisciplinar de Ciências da Natureza com duas questões;

Segundo dia PCE (Provas de Conhecimentos Específicos), conforme a opção de curso:

– candidatos da área de Ciências Biológicas/Saúde: seis questões de Biologia e seis questões de Química;
– candidatos da área de Ciências Exatas/Tecnológicas: seis questões de Física e seis questões de Química;
– candidatos da área de Ciências Humanas/Artes: seis questões de Geografia e seis questões de História, englobando conteúdos de Filosofia e Sociologia.

Já as provas de Habilidades Específicas para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais e Dança, serão feitas nos dias 11 e 12 de fevereiro, em Campinas, no interior paulista.

A primeira chamada será divulgada dia 10 de março e os convocados deverão efetivar a matrícula online (não presencial) no dia 15 de março, pela página eletrônica da Comvest. 

O que levar para a prova

Os candidatos deverão levar álcool em gel e máscaras extras, em caso de necessidade de troca no decorrer da prova. Devem levar o original do documento de identidade indicado na inscrição, canetas de cor preta em material transparente, lápis preto e borracha. Será permitido o uso de régua transparente e compasso.

É proibida a utilização de aparelhos celulares ou quaisquer outros equipamentos eletrônicos, relógios do tipo smartwatch, corretivo líquido, lapiseira, caneta marca texto, boné, chapéu, ou outros materiais estranhos à prova. O candidato poderá usar relógio para controlar o tempo, mas ele deverá ficar no chão, ao lado da carteira.

Está permitido: água, sucos, doces, uso de bermudas e vestimentas leves. Os candidatos poderão tomar água/sucos na sala e se alimentar, abaixando a máscara por um curto período de tempo e mantida a distância.

Durante a realização das provas da segunda fase, será adotado o procedimento de identificação dos candidatos, mediante verificação do documento de identidade e da coleta da assinatura, impressões digitais e/ou identificação facial.

Últimas