Eleições 2020 Kalil diz que prefeitura tem dinheiro para ajudar comércio em 2021

Kalil diz que prefeitura tem dinheiro para ajudar comércio em 2021

Candidato à reeleição em Belo Horizonte afirma que está montando um projeto para auxiliar os setores afetados pela pandemia de covid-19

Candidato à reeleição pelo PSD, Alexandre Kalil garante que a Prefeitura de Belo Horizonte tem recursos suficientes para desenvolver em 2021 um plano de auxílio para os comerciantes afetados pela pandemia de covid-19.

O isolamento social na cidade começou no dia 20 de março e vem sendo flexibilizado gradualmente desde o mês de agosto.

Sem detalhar quais seriam as propostas, Kalil disse em entrevista ao R7 que planeja as ações para socorrer a categoria no próximo ano, caso seja reeleito. A expectativa, segundo ele, é financiar as propostas com recursos economizados durante a atual gestão.

— Tenho dito que 2021 precisa ser um ano especial para o comércio e serviço em Belo Horizonte, porque sofreram muito com a pandemia. Já estamos estudando, desenvolvendo um projeto robusto, porque cortamos e economizamos nos últimos quatro anos e agora a Prefeitura tem caixa para ajudar. Faremos tudo que tiver ao nosso alcance para ajudar.

Kalil planeja obras para conter enchentes

Kalil planeja obras para conter enchentes

Divulgação / Coligação Coragem e Trabalho

Questionado especificamente sobre a situação do setor cultural, o prefeito avaliou que a categoria precisa de apoio para se alavancar, assim como as demais.

— Todo mundo sofreu e teve prejuízos na pandemia, por isso temos que ouvir as necessidades de cada setor e ajudar, mas sem demagogia.

Campanha e obras

Desde o início da corrida eleitoral deste ano, candidatos aproveitam o tempo da propaganda para criticar a gestão de Kalil. Perguntado sobre o nível da campanha adotado até o momento, o atual prefeito disse que não poderia “falar pelos outros”, mas afirmou que tem focado em mostrar “um pouco do trabalho” que fez entre 2017 e 2020.

— Quem tem o que mostrar não precisa de atacar ninguém.

Uma das críticas apresentadas por outros postulantes à cadeira de prefeito é em relação às obras para conter as enchentes na capital mineira. Questionado sobre como planeja concluir o serviço, Kalil afirmou que não faz promessa e destacou que já vem trabalhando para solucionar o problema.

— Estamos executando várias obras em bacias neste momento. O exemplo mais falado, que é a da [avenida] Vilarinho, que já teve parte da obra iniciada, temos todo o projeto e já captamos R$ 200 milhões.

Entrevista

A conversa com Alexandre Kalil aconteceu dentro de uma série de entrevistas que o R7 e a equipe digital da Record TV Minas realiza com os candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte. Todos os 15 postulantes ao cargo foram convidados, mas nem todos tiveram disponibilidade para participar do projeto.

Vídeos curtos com as principais propostas dos candidatos foram publicados nas redes sociais da emissora, entre os dias 26 de outubro de 7 de novembro. Por falta de tempo na agenda, Kalil optou por participar apenas da reportagem no R7, sem gravação de vídeo.

Últimas