Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Hora 7
Publicidade

Filha morava com o corpo de pai morto há 15 anos e usava produtos químicos para disfarçar o cheiro

Vizinhos estavam reclamando do odor vindo de apartamento onde portuguesa foi encontrada morta junto de seu familiar

Hora 7|Matheus Borges*, do R7


Mulher guardava corpo de pai havia 15 anos dentro de casa
Mulher guardava corpo de pai havia 15 anos dentro de casa

Uma portuguesa de 70 anos foi encontrada morta em sua casa, na cidade de Oeiras, em Portugal, após vizinhos terem reclamado do cheiro insuportável. Ao entrar no apartamento, os policiais encontraram o corpo da mulher já gelado no chão e o cadáver de seu pai em estado avançado de decomposição.

Ela foi identificada como Anabele e esteve morando na companhia do falecido por mais de 15 anos, revelou a imprensa local. Segundo as autoridades, ela vestia o morto, reconhecido como Custódio, com pijamas e usava alvejantes e água sanitária para disfarçar o cheiro da carne em putrefação.

Segundo os moradores próximos, o odor dos produtos utilizados para conservar o cadáver foi percebido há aproximadamente dois anos, mas não causou tanto estranhamento. Eles afirmam que, todas as tardes, Anabele ia ao mercado da região comprar água potável e sanitária.

Idalina, que morava ao lado da falecida, disse em entrevista que achava que os produtos eram utilizados para limpeza e higiene, o que explicaria o cheiro forte.

Publicidade

Leia também

Ela alegou que nunca teve motivos para reclamar de Anabele, já que ela sempre foi muito reservada e gentil, mas diz ter ficado chocada com a notícia.

O caso é agora investigado pela Polícia Judiciária portuguesa, com auxílio dos Bombeiros Voluntários do Dafundo, que chegaram com três carros para analisar o apartamento e membros da Polícia de Segurança Pública.

Publicidade

* Estagiário do R7,sob supervisão de Filipe Siqueira

Macabro! Filho mora com cadáver da mãe por quatro meses e choca polícia

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.