Arábia Saudita recusa pedido do Irã de cessar-fogo no Iêmen

Ataques aéreos tiveram início há mais de duas semanas no país

Arábia Saudita recusa pedido do Irã de cessar-fogo no Iêmen

A Arábia Saudita recusou pedidos iranianos para dar fim a seus ataques aéreos no vizinho Iêmen, neste domingo (12), dizendo que Teerã não deve interferir no conflito.

A Arábia Saudita e seus aliados árabes iniciaram ataques aéreos contra combatentes da milícia Houthi, aliados ao Irã, no Iêmen há mais de duas semanas, para tentar evitar que façam novos avanços.

"Como pode o Irã pedir para que nós paremos a luta no Iêmen? Viemos para o Iêmen para ajudar a autoridade legítima", afirmou o chanceler saudita, Saud al-Faisal, na capital saudita Riad em uma conferência de imprensa.