Internacional Arqueólogo britânico afirma ter encontrado destroços nas cores do avião da Malaysia Airlines 

Arqueólogo britânico afirma ter encontrado destroços nas cores do avião da Malaysia Airlines 

Trabalhadores de uma plataforma petrolífera teriam visto um avião em chamas caindo no mar

  • Internacional | Do R7, com agências

A imagem mostra os destroços com possíveis cores da empresa Malaysia Airlines

A imagem mostra os destroços com possíveis cores da empresa Malaysia Airlines

Reprodução/dailymail.co.uk

Um arqueólogo da marinha britânica afirma ter encontrado destroços no oceano com as cores do avião desaparecido da Malaysia Airlines.

Tim Akers, 56, estuda águas australianas em busca do navio perdido durante a Segunda Guerra Mundial, o HMAS Sydney. 

O Boeing 777 desapareceu em 8 de março e até agora não se sabe o que aconteceu, nem onde ele caiu.

As buscas, que são coordenadas pela Austrália, envolvem satélites, aviões, navios e sofisticados equipamentos aquáticos. 

Akers alega ter identificado o que acredita ser parte da cauda do avião na Costa do Vietnã, cerca de mil quilômetros de onde ele decolou. As autoridades do Vietnã receberam um relatório de trabalhadores da plataforma de petróleo que diziam ter visto um avião em chamas no dia em que o avião da Malaysia Airlines desapareceu. 

Malaysia Airlines deixará de pagar hotéis aos familiares das vítimas

Segundo informações do tabloide britânico Daily Mail, nas imagens, Akers afirma visualizar a provável cauda, asas e outros detritos. 

Nesta quinta-feira (1º) o governo malaio divulgou um relatório preliminar com informações sobre o avião. Supostos sequestros ou ataques terroristas são desconsiderados no documento. Esta investigação cabe à polícia.

O que acontece no mundo passa por aqui

Seja bombardead@ de boas notícias. R7 Torpedos

Últimas