Internacional Conflitos tribais deixam ao menos 20 mortos no Sudão

Conflitos tribais deixam ao menos 20 mortos no Sudão

Os problemas ocorrem desde os anos 60 e são renovados periodicamente com conflitos sobre pastagens e gado entre fazendeiros e pastores

  • Internacional | Da EFE

Bandidos roubaram gado de tribo e conflitos começaram

Bandidos roubaram gado de tribo e conflitos começaram

Stephen Morrison/EPA - 28.07.2004

Pelo menos 20 pessoas morreram e 17 ficaram feridas em confrontos entre tribos árabes e não árabes no estado de Darfur do Sul, no Sudão, na tripla fronteira com o Sudão do Sul e a República Centro-Africana.

"Os incidentes começaram na manhã de terça-feira (5), quando bandidos roubaram gado e os levaram para a província de Thales, o que levou a confrontos entre dois grupos das tribos Rozeigat e Falata", declarou o governador regional, major Hashem Khaled, em entrevista coletiva em Niala, capital do estado.

Khaled confirmou que houve 20 mortes e 17 pessoas feridas, mas sem detalhar a quantidade em cada uma das tribos, informando apenas que houve danos dos dois lados.

Os problemas tribais nessas áreas nômades datam dos anos 60, mas são renovados periodicamente com o surgimento de conflitos sobre pastagens e gado entre fazendeiros e pastores.

O governador acrescentou que as autoridades enviaram 93 veículos militares à região para acabar com os conflitos, enquanto helicópteros do mesmo tipo foram usados para localizar aglomerações das tribos. Foi imposto um toque de recolher em três áreas e ordenado o monitoramento por parte das forças de segurança.

Últimas