Internacional Consumo de álcool adulterado deixa mais de 40 mortos na Turquia

Consumo de álcool adulterado deixa mais de 40 mortos na Turquia

Autoridades já detiveram, pelo menos, 58 pessoas sob as acusações de produção e venda de bebidas misturadas com álcool etílico e metílico

  • Internacional | Da EFE

Pixabay

Pelo menos 44 pessoas morreram e outras 50 foram internadas nos últimos quatro dias na Turquia, devido ao consumo de bebidas alcóolica adulteradas com desinfetantes e outros produtos de limpeza, segundo publicou nesta quarta-feira (14) o jornal local Hürriyet.

A província de Esmirna, na costa do mar Egeu, foi a mais afetada, com o registro de 18 mortes, além de várias hospitalizações, seguida pela capital do país, Istambul, e diversas áreas da costa do mar Negro, indica o veículo de comunicação.

As autoridades locais já detiveram, pelo menos, 58 pessoas nos últimos quatro dias, sob as acusações de produção e venda de bebidas misturadas com álcool etílico e metílico (metanol).

O consumo de bebidas alcoólicas caseiras e contrabandeadas tem aumentado na Turquia nos últimos anos, principalmente, devido ao aumento dos impostos que incidem sobre o álcool.

Nos últimos dez anos, a taxação sobre a cerveja foi elevada em 360%, enquanto o preço do raki, uma bebida com sabor de anis, teve alta 440%.

Últimas