Internacional Furacão 'extremamente perigoso' ameaça Cancún, no México

Furacão 'extremamente perigoso' ameaça Cancún, no México

Um alerta de furacão está em vigor em uma área que se estende da cidade litorânea sofisticada de Tulum, a oeste de Cancún, passando por Cozumel

Reuters - Internacional
Homens cobrem janela de restaurante em Cancún para passagem de furacão

Homens cobrem janela de restaurante em Cancún para passagem de furacão

Jorge Delgado/ Reuters/ 06.10.2020

O balneário mexicano de Cancún ordenou o esvaziamento dos hotéis de seu famoso litoral caribenho nesta terça-feira (6) para se preparar para o que se prevê ser um impacto direto do furacão Delta, que se tornou uma tempestade de Categoria 4 "extremamente perigosa" durante a madrugada.

O furacão estava cerca de 200 quilômetros ao sul de Grand Cayman, no Caribe, com ventos contínuos máximos de 215 km/h, segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC).

"O Delta continua a ganhar força rapidamente", disse o NHC, citando dados de uma de suas aeronaves "caçadoras de furacão" e alertando que a tempestade deve estar extremamente perigosa quando tocar o solo.

A possibilidade de uma tempestade tropical levou a retiradas em áreas costeiras de Cuba. Prevê-se que o Delta enfraquecerá sobre a península mexicana de Yucatán, mas voltará a se fortalecer no Golfo do México, onde petroleiras se preparam para o impacto em suas instalações.

Autoridades ordenaram retiradas na zona hoteleira de Cancún, assim como em outras áreas litorâneas, e transformaram o centro de convenções da cidade em um abrigo.

Um alerta de furacão está em vigor em uma área que se estende da cidade litorânea sofisticada de Tulum, a oeste de Cancún, até Cozumel, uma ilha que Jacques Cousteau tornou famosa devido a seus mergulhos.

Últimas