Internacional Guillermo Lasso vence eleição presidencial no Equador

Guillermo Lasso vence eleição presidencial no Equador

Ex-banqueiro, candidato da direita havia perdido as últimas eleições para Rafael Correa e Lenín Moreno

  • Internacional | Do R7

Guillermo Lasso discursa após a votação na tarde deste domingo (11), em Guayaquil

Guillermo Lasso discursa após a votação na tarde deste domingo (11), em Guayaquil

Mauricio Torres / EFE - 11.4.2021

Com 98,37% das urnas da votação do segundo turno apuradas, o ex-banqueiro e candidato da direita Guillermo Lasso foi eleito, neste domingo (11), como futuro presidente do Equador. Ele registra 52,49% dos votos válidos, contra 47,51% de Andrés Arauz, candidato da esquerda.

Após perder duas vezes no segundo turno, em 2013, pelo ex-presidente Rafael Correa, e em 2017, pelo atual presidente Lenín Moreno, Lasso conseguiu por fim vencer a eleição e governará o país de 24 de maio deste ano a 24 de maio de 2025.

O alto número de votos nulos, cerca de 1,615 milhão, chamou a atenção. Muitos dos eleitores do candidato indígena de centro Yaku Pérez, terceiro colocado no primeiro turno, preferiram anular seus votos.

O resultado foi uma grande virada em relação ao primeiro turno, quando Arauz venceu com folga, com 32,72% dos votos, enquanto Lasso ficou com 19,74%.

Últimas