Internacional Morte de atletas olímpicos em acidente de helicóptero comove à França

Morte de atletas olímpicos em acidente de helicóptero comove à França

Paris, 10 mar (EFE).- A França amanheceu em choque nesta terça-feira, comovida pelo acidente de helicóptero no qual morreram dez pessoas na província argentina de La Rioja, entre elas três atletas olímpicos do país: a velejadora Florence Arthaud, a campeã olímpica de natação Camille Muffat e o boxeador Alexis Vastine. O presidente francês, François Hollande, manifestou em comunicado seu "estupor" e sua "emoção" pela notícia do acidente, no qual morreram oito franceses - que participavam da gravação de um "reality show" - e os dois pilotos argentinos dos helicópteros. "O desaparecimento brutal de nossos compatriotas é uma imensa tristeza", declarou Hollande, que enviou seu pêsame às famílias e aos amigos das vítimas, acrescentando que a embaixada da França na Argentina e o centro de crise do Ministério das Relações Exteriores estão "mobilizados para contribuir com as informações e a ajuda necessárias". O presidente francês destacou as figuras de Arthaud, Muffat e Vastine, que "fizeram a França brilhar", e se referiu também aos outros mortos franceses, da produtora ALP que trabalhavam na gravação de um programa chamado "Dropped" para o canal de televisão "TF1". A emissora também expressou "uma imensa tristeza" pelo acidente e, em comunicado, uniu-se "nestes momentos terríveis à dor das famílias e dos amigos das vítimas". Florence Arthaud, de 57 anos, era conhecida como "a pequena noiva do Atlântico", por ter sido a primeira mulher a bater, em 1990, o recorde da travessia do Atlântico Norte à vela em 9 dias 21 horas e 42 minutos. Por sua vez, Camille Muffat, de 25 anos, tinha conquistado três medalhas, uma delas de ouro (nos 400 metros livres), nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012. Já o boxeador Alexis Vastine, de 28 anos, foi medalha de bronze nas Olimpíadas de 2008 em Pequim na categoria de super ligeiros. A produtora ALP tinha iniciado há uma semana a gravação da segunda temporada de "Dropped" um programa que consiste em deixar a um grupo de atletas conhecidos abandonados em um lugar inóspito e desabitado com apenas uma reserva de água, com o objetivo que encontrassem o mais rápido possível uma tomada, símbolo da civilização. EFE ac/rsd

Últimas