Internacional Nova Zelândia aceitam eutanásia, mas rejeitam legalização da maconha

Nova Zelândia aceitam eutanásia, mas rejeitam legalização da maconha

De acordo com a apuração parcial, 65,2% apoiaram a eutanásia voluntária, e 53,1% rejeitaram legalização e controle da maconha recreativa

Nova Zelândia rejeita legalização da maconha

Nova Zelândia rejeita legalização da maconha

Pixabay

Os neozelandeses votaram a favor da aprovação da eutanásia voluntária e rejeitaram a legalização da maconha recreativa em referendos realizados no dia 17 de outubro, segundo os resultados preliminares divulgados nesta sexta-feira (30) pela Comissão Eleitoral.

De acordo com a apuração parcial, 65,2% dos votantes apoiaram a eutanásia voluntária, enquanto 53,1% rejeitaram a proposta de legalização e controle da maconha recreativa.

A Comissão Eleitoral revelará os resultados definitivos no dia 6 de novembro, quando terminar de contar os votos especiais, que procedem do exterior ou fora da circunscrição eleitoral.

Últimas