Túnel escavado para roubar milhões de dólares é descoberto no México

Com 1,70 m de altura e 1,40 de largura, o túnel seria usado para roubar cerca de U$ 30 milhões da empresa de segurança mexicana Sepsa

Túnel construído na fronteira do México com os Estados Unidos

Túnel construído na fronteira do México com os Estados Unidos

Reprodução/ Reuters

Um túnel de cerca de 135 metros de comprimento foi descoberto na cidade mexicana de Celaya antes que seus construtores pudessem usá-lo para roubar milhões de dólares do cofre de uma empresa de segurança, informou a promotoria local na quinta-feira (19).

Na passagem, que se entra por uma casa, domina a escuridão, o cheiro de umidade e um calor abafado entre as paredes em ruínas, confirmou um jornalista da AFP.

Leia mais: O maior túnel de contrabando já descoberto na fronteira dos EUA com o México

Com 1,70 m de altura e 1,40 de largura, o túnel leva à abóbada da Sepsa, empresa de segurança que, segundo a mídia local, teria o equivalente a cerca de 30 milhões de dólares.

“O túnel foi feito para eliminar fontes de perigo e constatou-se que conduzia a um edifício desabitado (...) perto do local onde está situada a empresa”, afirmou o Ministério Público em boletim.

De acordo com as autoridades, no último domingo o túnel foi usado para tentar roubar a Sepsa, mas o movimento de aproximação do cofre disparou o alarme e os ladrões tiveram que escapar de mãos vazias.

A construção dessas passagens clandestinas é comum entre gangues criminosas no México, especialmente na fronteira com os Estados Unidos, onde são utilizadas para o tráfico de drogas e de migrantes.

Leia mais: Túnel em armário e rastros de sangue: o último refúgio de 'El Chapo' antes da prisão

Em julho de 2015, Joaquín "El chapo" Guzmán, ex-chefe do cartel de Sinaloa, estrelou uma fuga espetacular ao deixar uma prisão de segurança máxima por um túnel que conectava o chuveiro de sua cela a uma casa localizada a mais de um quilômetro de distância. quilômetro, que ele percorreu a bordo de uma motocicleta montada em um trilho.

Nas redes sociais, a descoberta do túnel em Guanajuato foi comparada com a série espanhola "La casa de papel", que trata das aventuras de um grupo de ladrões que consegue roubar uma fortuna a um banco.