Minas Gerais Aécio quer que cidade de MG seja a capital nacional do rocambole

Aécio quer que cidade de MG seja a capital nacional do rocambole

Deputado tucano enviou projeto para a Câmara defendendo o título para Lagoa Dourada devido à tradição do quitute na região

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Aécio lembra que receita faz parte da história da cidade

Aécio lembra que receita faz parte da história da cidade

Najara Araujo/Câmara dos Deputados - 07.04.2021

O deputado federal Aécio Neves (PSDB) propôs à Câmara um projeto de lei que visa transformar a cidade de Lagoa Dourada, a 146 km de Belo Horizonte, na capital nacional do rocambole.

O município de aproximadamente 13 mil habitantes é considerado capital mineira da iguaria culinária desde 2019, graças a um projeto aprovado pela ALMG (Assembleia Legislativa de Minas Gerais).

Ao defender a extensão do título para o cenário nacional, Neves destacou que a popularidade do pão de ló enrolado recheado com doce de leite na cidade está relacionada com o contexto histórico do município.

No projeto de lei, o deputado cita o livro "Lagoa Dourada 300 anos" do escritor Dauro Buzatti, que destaca a tradição leiteira da cidade que favoreceu a produção de doce de leite e bolos na região.

O texto ainda lembra da história do casas que criou uma das receitas mais tradicionais de rocambole da região há quase cem anos. Reza a lenda que Miguel Youssef, descendente de libaneses e a esposa Dolores Melo, lagoense, vendiam o quitute no bar que tinham. De lá, ele se popularizou e se espalhou com a ajuda de viajantes que passavam pela cidade.

"Destacamos que tal reconhecimento proporcionará maior visibilidade a essa importante manifestação cultural do município, o que impulsionará não só a permanência da tradição como também a economia e o turismo locais", pontuou o tucano sobre o projeto.

O projeto do deputado federal Aécio Neves foi protocolado na última quarta-feira (16) e agora precisa ser avaliado pelos demais parlamentares.

Últimas