Minas Gerais BH: jovem é preso após agredir namorada, filho e idosa de 89 anos

BH: jovem é preso após agredir namorada, filho e idosa de 89 anos

Suspeito chegou a usar uma faca para fazer a vizinha refém antes de ser imobilizado pelos policiais; idosa foi internada e passa bem

  • Minas Gerais | Virgínia Nalon, da Record TV Minas

Um jovem de 21 anos foi preso em flagrante na noite desta segunda-feira (9) suspeito de agredir a namorada, o filho dela e também a vizinha do casal, uma idosa de 89 anos. O caso foi registrado no bairro Jardim Montanhês, na região Noroeste de Belo Horizonte.

Uma equipe da Polícia Militar fazia patrulha nas ruas do bairro, procurando suspeitos de um roubo, quando foram avisados das agressões. A vítima contou aos militares que o suspeito, Cláudio Mateus da Silva, de 21 anos, chegou em casa bastante transtornado e começou a discutir com ela. Durante a confusão, o homem teria partido para cima do filho dela, de apenas cinco anos de idade.

Neste momento, a mulher entrou em luta corporal com o homem, para defender a criança, e conseguiu fugir com o filho para a casa vizinha. De acordo com a PM, o suspeito foi atrás da mulher armado com uma faca em cada mão e, durante o trajeto, encontrou a moradora da casa ao lado, uma idosa de 89 anos. Ele fez a aposentada refém, agarrando-a pelo pescoço e mantendo a vítima presa atrás de um fogão.

Ação

O jovem de 21 anos destruiu vários móveis e utensílios da casa da vizinha. Segundo o sargento Bernardo Ribeiro, os policiais tentaram dialogar com o suspeito, mas, ao perceberem que ele estava com a faca apontada para o pescoço da idosa, decidiram agir.

Jovem foi preso em flagrante por policiais militares

Jovem foi preso em flagrante por policiais militares

Reprodução / Record TV Minas

— Ele não conversava com a gente, demonstrando que estava decidido a fazer algo pior. Em determinado momento ele começou a gritar que ia matar a mulher e ouvimos um grito. Entramos no imóvel e imobilizamos o suspeito com uma máquina de choque.

A idosa foi encontrada com um corte na região do pescoço e levada, na viatura dos policiais, até o Hospital Odilon Behrens. A idosa perdeu sangue, mas não corre riscos de vida.

O suspeito também recebeu atendimento médico na mesma unidade de Saúde e, na sequência, foi levado para a delegacia. Os policiais afirmam que os olhos do suspeito estavam avermelhados e ele apresentava sinais de estar sob o efeito de drogas. O jovem, que não havia sido detido anteriormente, deve responder por vários crimes, entre eles tentativa de homicídio, agressão, ameaça, sequestro e cárcere privado.

O casal estava junto há cerca de oito meses. Aos militares, a mulher contou que já havia discutido com o namorado, mas essa seria a primeira vez que ele agrediu ela e o filho.

Últimas