Minas Gerais Corpo de padre é encontrado carbonizado no interior de Minas

Corpo de padre é encontrado carbonizado no interior de Minas

Vítima também apresentava perfurações e foi encontrada próximo a um córrego em Manhumirim (MG); jovem confessou crime e foi preso

Corpo foi encontrado carbonizado próximo a córrego

Corpo foi encontrado carbonizado próximo a córrego

Reprodução / Facebook

O corpo de um padre foi encontrado carbonizado nesta quarta-feira (15) em Manhumirim, a 310 km de Belo Horizonte.

Segundo a PCMG (Polícia Civil de Minas Gerais), o corpo de Adriano da Silva Barros foi encontrado próximo ao córrego Pirapetinga. O cadáver estava carbonizado e apresentava perfurações possivelmente feitas com uma faca ou outro objeto do tipo.

Um jovem de 22 anos foi preso suspeito de ter participado do crime. De acordo com o delegado Carlos Souza, o rapaz disse que mantinha uma relação com a vítima e assassinou o religioso durante uma discussão. O investigador não acredita nesta versão.

— Neste momento, não acreditamos nessa versão. Como alguns pertences da vítima e o seu carro não foram encontrados, estamos tratando o caso como um latrocínio, ou seja, um roubo seguido de morte.

Veja: Vídeo mostra momento em que homem invade igreja e atira em fiéis

O suspeito também teria afirmado que praticou o crime sozinho, sem comparsas, mas esse argumento também não convence, no momento, os investigadores. O corpo do pároco era pesado e foi encontrado em um local de difícil acesso, o que impediria que tivesse sido transportado apenas pelo suspeito. O delegado Carlos Souza acredita que o crime tenha sido praticado por, pelo menos, três pessoas.

— O padre era pesado, tinha um corpo grande. Uma pessoa só dificilmente conseguiria transportá-lo até a região do córrego, levar a gasolina e incendiar o cadáver. Provavelmente havia, no mínimo, mais duas pessoas na cena do crime, e uma delas pode ter fugido no veículo do padre.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento.

Últimas