Minas Gerais Covid-19 mata pai e filho com um dia de diferença no interior de MG

Covid-19 mata pai e filho com um dia de diferença no interior de MG

Liane e Matheus Ferraz, da cidade de Joaíma, tinham histórico de problemas de saúde e foram internados no início do mês

Pai e filho foram internados no início de março

Pai e filho foram internados no início de março

Reprodução / redes sociais

Pai e filho morreram com um dia de diferença, vítimas da covid-19, na cidade de Joaíma, a 700 km de Belo Horizonte.

Os dois estavam internados em função de complicações da doença desde a primeira semana de março. Na última quinta-feira (25), o pai, o pregoeiro Lianele Ferraz, faleceu. Na sexta-feira (26), o hospital confirmou o óbito de Matheus Ferraz, aos 24 anos.

Lianele era dono de um escritório de contabilidade na cidade e prestava serviços para prefeituras da região. Matheus era técnico em informática pelo IFNMG (Instituto Federal do Norte de Minas Gerais).

Parentes relataram à reportagem que o jovem enfrentava obesidade, alergias e problemas respiratórios. Já Lianele teria um quadro de apneia.

De acordo com o Governo de Minas, 7 a cada 10 pessoas que morreram de covid-19 no Estado tinham algum histórico. As mais comuns são cardiopatias, diabetes, obesidades e problemas pulmonares.

Leia também: O que está por trás da alta das internações de jovens com covid?

Em uma rede social, o prefeito Daurinho Barreto (Cidadania) lamentou as mortes. "Um jovem alegre, que estava sempre com um sorriso disposto no rosto e apesar dos seu poucos anos de vida, tinha um coração enorme e encantava por onde passava", relatou o político ao lembrar que Matheus trabalhou no Hospital Municipal Antônia Grapiúna e na farmácia municipal.

Familiares e amigos também lamentarem a perda. "A dor me consome, a dor me abraçou!" escreveu uma prima de Matheus que, no dia anterior havia se despedido do tio. "O senhor lutou muito pra viver. Quanto carinho tínhamos um pelo outro", escreveu ao falar sobre o pai do jovem.

O sistema do Governo Estadual contabiliza 407 pessoas infectadas pelo coronavírus em Joaíma e 15 mortes causadas pelo vírus. Segundo a prefeitura, no entanto, já são 17 óbitos na cidade de aproximadamente 15.400 habitantes. Ao menos 941 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 no município. Em toda Minas Gerais são registradas 24.332 vítimas da doença e 1.123.913 infectados.

Últimas