Minas Gerais Ex-detetive condenado por morte de modelo é preso após 8 anos foragido

Ex-detetive condenado por morte de modelo é preso após 8 anos foragido

Grupo de combate ao crime organizado encontrou o condenado em Matozinhos, na região metropolitana de BH; crime aconteceu em 2000

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7, com Record TV Minas

Pacífico foi condenado a 14 anos de prisão

Pacífico foi condenado a 14 anos de prisão

Reprodução / Record TV Minas

Uma força-tarefa prendeu, nesta segunda-feira (6), um ex-detetive particular condenado por matar uma modelo, em Belo Horizonte, em 2000. O homem estava foragido há oito anos.

Reinaldo Pacífico, condenado a 14 anos de prisão, foi encontrado na cidade de Matozinhos, na região metropolitana de BH, por meio de pesquisas em bancos de dados e vigilâncias.

Ele foi considerado culpado pelo assassinato de Cristiana Aparecida Ferreira. A mulher foi morta em um flat na região Centro-Sul da capital mineira. Na época, o corpo da vítima foi encontrado com sinais de asfixia e violência.

O suspeito do crime foi condenado em 2009, mas havia ganhado na Justiça o direito de recorrer em liberdade. Um mandado de prisão foi expedido contra o ex-investigador em 2012 e, segundo a PF (Polícia Federal), o condenado não foi mais visto desde então.

A prisão de Pacífico foi realizada pela Ficco (Força Integrada de Combate ao Crime Organizado), composta por agentes da PF, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e pelo Departamento Penitenciário. A reportagem tenta contato com a defesa do preso.

Últimas