Minas Gerais Homem é condenado a 18 anos por matar marido da amante em BH

Homem é condenado a 18 anos por matar marido da amante em BH

Para cometer o crime, ele teria recebido um celular e R$ 50 da mulher, que também responde a processo pelo homicídio; crime aconteceu em 2019

Homem foi condenado pelo Tribunal de Justiça

Homem foi condenado pelo Tribunal de Justiça

Divulgação

Um homem foi condenado nesta semana a 18 anos de prisão, em regime fechado, por ter matado o marido de sua amante. O crime aconteceu em julho de 2019, no bairro Mineirão, em Belo Horizonte.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, o assassinato foi cometido a pedido da mulher da vítima, que também responde a um processo, ainda sem data definida.

Ela teria oferecido ao amante um celular e R$ 50 para que ele cometesse o crime. De acordo com o MP, o condenado aceitou a oferta e chamou outras pessoas, não identificadas pela polícia, para ajudar no assassinato. 

Crime

A mulher teria atraído a vítima para casa, por volta das 10h alegando que passava mal e precisa de atendimento médico urgente. O homem, então, deixou o trabalho e foi para casa, sendo surpreendido pelos criminosos, e foi agredido com golpes na cabeça e facadas na barriga.

O corpo da vítima foi encontrado com sinais de tortura, com um saco plástico na cabeça, e ainda teve pés e mãos amarrados. O júri popular condenou o homem por homicídio qualificado, com emprego de tortura, mediante emboscada e promessa de recompensa.

Últimas