Minas Gerais Homem é preso suspeito de agredir filha de 2 anos no interior de Minas

Homem é preso suspeito de agredir filha de 2 anos no interior de Minas

Homem disse para a mãe que caiu na escada de casa, em Varginha (MG), junto com a filha; vítima apresenta queimaduras na boca

Suspeito já havia sido detido por outros crimes

Suspeito já havia sido detido por outros crimes

Reprodução / Record TV Minas

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (13), um homem suspeito de agredir a filha de 1 ano e 11 meses de idade em Varginha, a 280 km de Belo Horizonte. Ele teria simulado um acidente doméstico para justificar as marcas no corpo e na boca da criança.

A mãe da vítima afirma ter saído de casa para trabalhar e deixado a filha com o marido. Horas depois, ela recebeu uma mensagem do suspeito, relatando que ele e a vítima haviam caído da escada de casa. A Polícia Militar foi acionada pela mãe da vítima e, ao chegar no imóvel, encontrou apenas a criança, que apresentava vários machucados pelo corpo.

A menina foi levada a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da cidade, onde passou por vários exames que constataram que ela foi vítima de agressões, como hematomas espalhados por todo o corpo e queimaduras na parte interna da boca.

O pai da criança, Felipe Henrique Nunes Furtado Batista, de 29 anos, passou a ser considerado suspeito e foi localizado horas depois na mesma cidade. Ao ser preso, negou ter agredido a filha.

A mãe da vítima, que prefere não se identificar, afirma que ele nunca havia batido na filha, mas alega que já foi agredida por ele, que teria dado um soco na boca dela. A mulher chegou a realizar uma denúncia contra o companheiro na época. Batista já foi detido por tráfico e uso de drogas, roubo, lesão corporal, ameaça, entre outros casos.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Últimas