Minas Gerais Homem espera 12 dias por leito e morre minutos após transferência

Homem espera 12 dias por leito e morre minutos após transferência

Paciente estava internado em UPA e esperava por leito de UTI em BH após complicações causadas por picada de animal peçonhento 

  • Minas Gerais | Luiz Casoni, da Record TV Minas

O homem que aguardava por um leito de UTI em Belo Horizonte morreu na última segunda-feira (14). Segundo a família do paciente, ele foi internado no dia 3 de junho na sala de emergência de uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), na região Leste de BH, mas precisava de um leito de terapia intensiva.

O paciente esperou por 12 dias até ser transferido, mas faleceu cerca de 50 minutos após dar entrada no Hospital Metropolitano, onde, finalmente, conseguiu a vaga.

Homem morreu 50 minutos após ser transferido

Homem morreu 50 minutos após ser transferido

Reprodução / Record TV Minas

Carlos Carvalho, de 45 anos, conseguiu a transferência somente após a família acionar a Defensoria Pública. Ele já estava com infecção generalizada devido a uma picada de um animal peçonhento, que teria acontecido há cerca de duas semanas, em um terreno próximo da casa dele, no bairro Boa Vista, na região Leste de BH.

A Prefeitura de Belo Horizonte informou que o paciente foi prontamente atendido e assistido conforme as necessidades do momento. O órgão disse ainda que todos os pedidos passam pela Central de Internação, um sistema dinâmico que funciona 24 horas por dia, sete dias da semana.

O órgão também esclareceu que, para a liberação da vaga, são utilizados critérios de prioridade que incluem gravidade e leito disponível. Para receber o paciente, o leito precisa estar devidamente preparado e higienizado.

Últimas