Minas Gerais Homem invade salão de beleza no centro de BH e furta perucas

Homem invade salão de beleza no centro de BH e furta perucas

Além dos cabelos, homem ainda teria levado pranchas e secadores; prejuízo total foi de aproximadamente R$ 30 mil

  • Minas Gerais | Shirley Barroso, da Record TV Minas

Um homem é suspeito de invadir e furtar produtos de um salão de beleza no centro de Belo Horizonte. Entre os materiais furtados estavam secadores, pranchas e perucas.

Suspeito teria furtado perucas no local

Suspeito teria furtado perucas no local

Reprodução / Record TV Minas

O crime aconteceu por volta das 22h. Câmeras de segurança registraram a ação do homem, que usou uma lanterna para procurar os produtos. Apesar do local ficar próximo a uma base da Guarda Civil Municipal, o suspeito não foi visto.

O prejuízo do furto foi de aproximadamente R$ 30 mil. Além de repor o estoque dos cabelos que foram levados e os equipamentos de trabalho, a dona do estabelecimento, Maria Carolina Oliveira, reforçou a segurança do local para evitar outras invasões. ela acredita que o homem sabia de antemão o que iria levar.

Veja também: Ladrão invade restaurante em BH e furta seis vinhos franceses

— Isso é algo que eles já estavam planejando. Agradecer que não entrou com a gente aqui, com o local aberto. Querendo ou não foi só um prejuízo em dinheiro, mas não colocou a vida de ninguém em risco.

Em nota, a Guarda Municipal informou que “a Unidade Móvel da Guarda Municipal existente na Praça Rui Barbosa serve de base de apoio para os guardas municipais no exercício de tal função, tendo a atenção voltada para o conjunto arquitetônico daquele espaço. Casos de furtos, danos ou outros crimes praticados contra particulares são coibidos pelos guardas municipais, quando eventualmente flagrados durante tais rondas, sendo os envolvidos encaminhados à unidade da Polícia Civil”.

Confira a nota na íntegra:

"A Guarda Civil Municipal de Belo Horizonte (GCMBH) atua no sentido de garantir a segurança dos cidadãos e do patrimônio público nas unidades de Saúde, parques, praças, escolas e demais equipamentos da Prefeitura, estendendo o policiamento às áreas do entorno desses estabelecimentos, por meio de rondas a pé ou em viaturas. A Unidade Móvel da Guarda Municipal existente na Praça Rui Barbosa serve de base de apoio para os guardas municipais no exercício de tal função, tendo a atenção voltada para o conjunto arquitetônico daquele espaço. Casos de furtos, danos ou outros crimes praticados contra particulares são coibidos pelos guardas municipais, quando eventualmente flagrados durante tais rondas, sendo os envolvidos encaminhados à unidade da Polícia Civil".

Últimas