Minas Gerais Jovem é suspeita de simular o próprio sequestro para extorquir a família em Contagem (MG)

Jovem é suspeita de simular o próprio sequestro para extorquir a família em Contagem (MG)

Segundo a polícia, a mulher, de 29 anos, pediu um resgate de R$ 2.000 que seria usado para pagar dívida com drogas

  • Minas Gerais | Pollyana Sales, da Record TV Minas

Dupla simulou vídeo em cativeiro falso

Dupla simulou vídeo em cativeiro falso

Reprodução / Record TV Minas

Uma mulher de 29 anos foi presa, nesta segunda-feira (16), no bairro Industrial, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, suspeita de simular o próprio sequestro, com a ajuda de um amigo, para extorquir dinheiro dos familiares.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a mulher queria o valor de R$ 2.000 para pagar uma dívida de drogas no Aglomerado Vila da Paz, também em Contagem. O comparsa da jovem conseguiu fugir e ainda é procurado pela polícia.

De acordo com a PM (Polícia Militar), a dupla ligou para a irmã da mulher e outros parentes para falar sobre o suposto sequestro. Eles gravaram vídeos que simulavam o crime e pediram que o resgate fosse pago por meio de Pix, sistema de pagamento instantâneo digital. Na gravação, a mulher aparece acorrentada e é ameaçada com uma arma.

A Polícia Militar esteve no suposto cativeiro em Belo Horizonte e não encontrou a falsa vítima. A mulher foi achada, em seguida, em uma casa no bairro Industrial, em Contagem.

Segundo os militares, ela confessou que se tratava de uma farsa e relatou que precisava do dinheiro para pagar uma dívida de drogas. No imóvel também foram encontradas seis munições de revólver calibre 38. A arma usada na gravação não foi localizada.

Últimas