Notícias Organizadores de balada clandestina no PR fecham acordo com Promotoria

Organizadores de balada clandestina no PR fecham acordo com Promotoria

Agência Estado

Dois responsáveis por uma festa clandestina realizada em Nova Esperança, no Paraná, fecharam acordo de transação penal com o Ministério Público do Estado e vão prestar serviços comunitários por seis meses trabalhando no cemitério da cidade de 28 mil habitantes localizada a 480 km de Curitiba.

A dupla também se comprometeu a não organizar ou participar de festas que descumpram as medidas sanitárias impostas em razão da pandemia da covid-19. As informações foram divulgadas pelo Ministério Público do Paraná.

De acordo com a Promotoria, a festa que culminou no acordo de transação penal ocorreu em 3 de abril, com a presença de dezenas de pessoas, sem uso de máscaras.

O proprietário do local onde aconteceu o evento já havia recebido multa de R$ 5 mil, aplicada pela Vigilância Sanitária, por descumprimento ao decreto municipal que estabelece restrições para contenção da pandemia.

Outras 16 pessoas identificadas em vídeos da festa foram multadas em R$ 300 cada.

Últimas