Após uma década, Atlético-GO e Santa se reencontram na Copa do Brasil

O rubro-negro goiano bateu o União Rondonópolis por 1x0 e garantiu vaga na próxima fase da competição

O rubro-negro goiano bateu o União Rondonópolis por 1x0 e garantiu vaga na próxima fase da competição

O rubro-negro goiano bateu o União Rondonópolis por 1x0 e garantiu vaga na próxima fase da competição

Folha de Pernambuco

Definido o adversário do Santa Cruz na segunda fase da Copa do Brasi. Trata-se do Atlético-GO, velho conhecido dos pernambucanos, que bateu o União Rondonópolis-MT por 1x0, fora de casa, pela primeira fase da Copa do Brasil e carimbou a classificação à segunda fase do certame. O duelo ainda não tem data e horário definido, mas o confronto está marcado para acontecer no estádio Olímpico, em Goiânia. Os jogos da segunda fase estão distribuídos entre os dias 19 e 26 de fevereiro e 04 de março. Com o resultado sobre os mato-grossenses, o Dragão assegurou R$ 1,30 milhão. Já o Santa, depois de bater o Operário-VG, na última quarta, garantiu R$ 650 mil para os cofres do Arruda. Nesta fase, a disputa continua sendo em jogo único, a diferença é que, em caso de empate, a classificação passa a ser defendida nos pênaltis.

Após dez anos, tricolores e rubro-negros voltam a medir forças na segunda competição mais importante do Brasil, desta vez pela 2ª fase do certame. Relembre a campanha do Mais Querido no período. 

COPA DO BRASIL 2010
A Cobra Coral vinha de boa campanha. Após passar pelo América-AM nos dois jogos disputados (ida e volta), pelo antigo regulamento, o Santa Cruz encarou o Botafogo-RJ. Pela segunda fase, a equipe coral, que na época contava com Brasão e Elvis, perdeu o primeiro jogo no José do Rego Maciel por 1x0, com o argentino Herrera marcando o gol da vitória para os cariocas. No jogo da volta, a torcida coral presente no Engenhão viu um time diferente, empenhado em avançar a qualquer preço. E assim foi feito. Em jogo dramático, o Tricolor não se intimidou com a diferença de folha salarial do Fogão e, muito menos com a presença de Loco Abreu importunando a área do goleiro Tuti. Com gols de Léo, Brasão e Souza, a Cobra Coral conseguiu reverter a situação no Engenhão, eliminando o alvinegro carioca depois de um suado 3x2. 


Depois foi a vez do Tricolor do Arruda enfrentar o Atlético Goianiense. O último confronto entre as duas equipes pela Copa do Brasil foi justamente protagonizado em 2010, pela terceira fase da competição nacional. Diferente da atuação no segundo jogo diante do Botafogo, o Santa cochilou em boa parte do confronto e viu o sonho da classificação se distanciar, após ser dominado pelo Dragão em pleno Arruda, e ser derrotado por 2x1 de virada, diante dos mais de 39 mil tricolores. No jogo da volta, em Goiânia, não foi muito diferente e a equipe comandada pelo técnico Dado Cavalcanti caiu novamente, dessa vez, por 2x0 e se despediu da competição.

Depois de uma década, a expectativa é que o reencontro entre tricolores e rubro-negros no certame nacional ganhe em equilíbrio, emoção e, principalmente, técnica, mesmo sendo início de temporada.

Leia também:
Santa empata com o Operário-VG, mas se classifica na Copa do Brasil
Após classificação valiosa, Schulle parabeniza ‘entrega’ da equipe
Por necessidade, Santa pode ter mudanças diante do Fortaleza