Camburão da Alegria estica o Carnaval em Olinda

Seis trios elétricos arrastam os foliões na despedida da folia

Seis trios elétricos arrastam os foliões na despedida da folia

Seis trios elétricos arrastam os foliões na despedida da folia

Folha de Pernambuco

Fazendo a despedida do Carnaval de Olinda em 2020, o bloco Camburão da Alegria, que há 28 anos desfila no primeiro fim de semana depois da Festa de Momo, encheu de gente a praça 12 de Março, no Bairro Novo, neste domingo (1°). Ao todo, seis trios elétricos arrastam os foliões pela avenida Getúlio Vargas até o prédio da Caixa Econômica.

"Esperamos um grande público, um pessoal animado", comentou o presidente do bloco, Jair Ferreira. Este ano, tendo como tema "Não ao Feminicídio: Quem ama, cuida - Mulher não é objeto de ninguém", a agremiação traz nove homenageados, sendo oito mulheres: a vice-governadora do Estado, Luciana Santos; a deputada estadual Gleide Angelo; a secretária da Mulher de Pernambuco, Silvia Cordeiro; e as jornalistas Bianka Carvalho, Meiry Lanunce, Eliana Victório, Isa Maria e Priscila Assis. O outro nome agraciado é o coronel José Lopes de Souza.

Leia também:
Mais de 120 t de material reciclável foram recolhidas durante o Carnaval de Olinda
Camburão da Alegria traz 'passinho' para desfile e agrada foliões


A deputada Gleide Angelo se disse "muito feliz" com o tema. "Isso mostra que toda a sociedade está atenta e não tolera a violência contra a mulher. Quando ela sabe os direitos que tem, vai buscar", afirmou. Vestido do super-herói Thor, o operador de guindaste Edson da Silva, de 36 anos, acompanha o bloco há 25. "É tudo tranquilo, só família, paz e amor", descreveu. Fantasiada de policial, a mulher dele, a doméstica Nilda da Silva, 37, diz que veio homenagear os agentes de segurança. "Pela proteção que eles fazem da gente", declarou.