China ameaça com medidas de "retaliação" se EUA aplicar sanções

Ação pode ser executada se o Congresso dos Estados Unidos aprovar o projeto de lei devido a uma suposta responsabilidade de Pequim na epidemia da Covid-19

Ação pode ser executada se o Congresso dos Estados Unidos aprovar o projeto de lei devido a uma suposta responsabilidade de Pequim na epidemia da Covid-19

Ação pode ser executada se o Congresso dos Estados Unidos aprovar o projeto de lei devido a uma suposta responsabilidade de Pequim na epidemia da Covid-19

Folha de Pernambuco

A China alertou nesta quinta-feira que tomaria "medidas retaliatórias" se o Congresso dos EUA adotar sanções contra Pequim por sua suposta responsabilidade na epidemia da Covid-19.

"Somos totalmente contra esses projetos de lei e adotaremos uma resposta firme e medidas retaliatórias" se forem adotadas, alertou pela imprensa o porta-voz do Congresso Nacional do Povo (parlamento chinês), Zhang Yesui.

Leia também:
Trump diz que a 'incompetência' da China provocou 'um massacre mundial'
Coronavírus acirra a Guerra Fria 2.0 entre China e Estados Unidos