Companhia de cruzeiros interrompe temporada no Brasil por causa do coronavírus

Os cruzeiros com saída em 17, 23 e 31 de março, além de 6 de abril, estão cancelados

Os cruzeiros com saída em 17, 23 e 31 de março, além de 6 de abril, estão cancelados

Os cruzeiros com saída em 17, 23 e 31 de março, além de 6 de abril, estão cancelados

Folha de Pernambuco

A Costa Cruzeiros, que faz viagens de navio pela costa brasileira, anunciou nesta sexta (13) a interrupção da sua temporada 2019/2020 pela América do Sul, que deveria ir até abril.

Os cruzeiros com saída em 17, 23 e 31 de março, além de 6 de abril, estão cancelados. A travessia do Brasil para a Itália, que partiria em 14 de abril, também não vai acontecer.

"Vivemos uma situação única e delicada, que nos obriga a tomar decisões responsáveis para assegurar a segurança e a saúde de todos os nossos hóspedes e tripulantes", afirmou Dario Rustico, presidente da Costa Cruzeiros para a América Central e do Sul, em um comunicado.

Leia também:
Navio isolado no Porto do Recife tem segundo caso suspeito de coronavírus
Mais de 600 pessoas de navio isolado no Porto do Recife podem ficar em quarentena

A companhia também afirma ter sido influenciada por "restrições imigratórias impostas pelas autoridades de outros países na América do Sul".

Ainda segundo comunicado, a Costa já está em contato com passageiros afetados pelo cancelamento das viagens, oferecendo a mudança do cruzeiro para outra data. Até o momento, não é oferecida a opção de reembolso.

A empresa afirma que voltará ao país em novembro, para a temporada 2020/2021, com três navios -na atual temporada, eram dois.

Também nesta sexta, o Ministério da Saúde enviou um informe para as autoridades regionais que sugere o adiamento de cruzeiros turísticos e de eventos com grande concentração de pessoas.

No Recife, um navio de cruzeiros de bandeira das Bahamas com 318 passageiros e 291 tripulantes está retido no porto local desde quinta (12), por ter dois possíveis casos de covid-19, a doença do novo coronavírus. O resultado dos testes feitos nos passageiros com sintomas da enfermidade ainda não foi divulgado.

Na quinta, a Disney anunciou que todos os seus cruzeiros estão cancelados a partir de sábado (14), pelo menos até o final de março.