Folha de Pernambuco Pernambuco expande Pontos de Cuidado em mais municípios

Pernambuco expande Pontos de Cuidado em mais municípios

Depois de Recife e Paulista, Olinda e Jaboatão também ganharam pontos de apoio à pessoas em situação de rua

Depois de Recife e Paulista, Olinda e Jaboatão também ganharam pontos de apoio à pessoas em situação de rua

Depois de Recife e Paulista, Olinda e Jaboatão também ganharam pontos de apoio à pessoas em situação de rua

Folha de Pernambuco

A ação "Pontos de Cuidado", da campanha "Pernambuco Solidário", organizada pelo Governo do Estado, reforçou o atendimento às pessoas em situação de rua, em meio aos cuidados com o novo coronavírus. O projeto, iniciado no Recife, foi expandido para outras cidades, como Paulista, Olinda - que começou o trabalho na última quarta - e Jaboatão dos Guararapes - com central instalada na última terça. Os locais atendem cidadãos em vulnerabilidade social, com cuidados em higiene e alimentação.

A população em situação de rua tem local para tomar banho e receber itens de higiene pessoal (sabonete líquido, pente, escova e creme dental), além de kit alimentação (com dois carboidratos, duas frutas e proteína) e água mineral. Os Pontos de Cuidado também passam informações para que as pessoas continuem se protegendo da pandemia.

"O isolamento tirou das ruas as chances dessas pessoas conseguirem recursos para sua sobrevivência. Em caso de sintomas de qualquer doença, ocorre o encaminhamento à rede de saúde pública", informou o secretário de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, Cloves Benevides.

A Folha de Pernambuco visitou os quatro pontos espalhados pela Região Metropolitana. A maior movimentação foi verificada no Recife, em centro localizado no Armazém 14, no Bairro do Recife. As filas para aqueles que esperam seu atendimento no Ponto de Cuidado tem espaçamento de pelo menos um metro entre as pessoas. Durante a espera, técnicos e voluntários aproveitam para passar informações sobre cuidados para se proteger da Covid-19. Nos demais municípios, o fluxo fica mais intenso pela manhã, informaram os profissionais que trabalham nos locais.

Leia também:
Equipamentos de saúde de Abreu e Lima são higienizados
Bolsonaro vetará reajuste de salário a servidores

Últimas