Presos em domiciliar são capturados por violarem regras de monitoramento

Desde o começo da epidemia em Pernambuco foram liberados 768 detentos do regime fechado e semiaberto para domiciliar

Desde o começo da epidemia em Pernambuco foram liberados 768 detentos do regime fechado e semiaberto para domiciliar

Desde o começo da epidemia em Pernambuco foram liberados 768 detentos do regime fechado e semiaberto para domiciliar

Folha de Pernambuco

Equipes do Centro de Monitoramento Eletrônico de Reeducandos (Cemer) e da Gerência de Operações e Segurança (GOS) fizeram, na tarde desta sexta (10), a fiscalização e recaptura de dois presos por descumprirem as regras de monitoramento eletrônico. Ambos violaram o perímetro de circulação permitido.

Os dois detentos, Ademar de Oliveira Donato e José Vando Ferreira de Souza foram localizados próximo ao centro do Recife e levados pela GOS para a Penitenciária de Itaquitinga. Eles estavam em benefício de prisão domiciliar determinado pelo Poder Judiciário como forma de prevenir a disseminação do coronavírus nas unidades prisionais. Desde o começo da epidemia em Pernambuco foram liberados 768 detentos do regime fechado e semiaberto para domiciliar que contempla idosos (acima de 60 anos), com comorbidades, pensão alimentícia e aqueles com previsão para migrar para o regime aberto até 31 de julho de 2020.

O preso deve permanecer em casa, independente da monitoração eletrônica, sob pena de indeferimento do benefício e regressão para o regime fechado. A Seres e a Polícia Militar seguirão monitorando os beneficiados com a medida e todos os que infringirem as regras serão punidos com a regressão de pena.