Nissan será montadora carbono neutro em 2050

Modelos elétricos devem chegar primeiro aos Estados Unidos, Japão, China e Europa acompanhados de uma estratégia ousada para uso de energia limpa

Marca irá expandir o desenvolvimento dos motores e-POWER

Marca irá expandir o desenvolvimento dos motores e-POWER

Nissan/Reprodução

A Nissan divulgou nesta semana que venderá apenas carros elétricos após o ano de 2050. A medida valerá primeiro para os mercados dos Estados Unidos, Japão, China e Europa. Antes desta data, a marca terá como foco desenvolver veículos híbridos e elétricos. Este aliás tem sido o tom de outras montadoras que buscam a simpatia do presidente dos EUA Joe Biden que anunciou foco em fontes de energia limpa.

NISSAN LEAF: tudo sobre o carro elétrico da Nissan incluindo preço, motor e abastecimento. Veja o vídeo!

A montadora ainda divulgou que irá acentuar as pesquisas para elevar a eficiência de veículos elétricos, expandir o desenvolvimento dos motores e-POWER, desenvolver um ecossistema de baterias para que a geração de energia seja descentralizada além de uma integração com projetos arquitetônicos como edifícios, onde seriam usadas fontes de energia renováveis.

Além disso, a fabricante pretende aumentar a apoio ao setor de energia e melhorar a produtividade com a iniciativa Nissan Intelligent Factory. A empresa ainda quer aumentar a eficiência energética de longo prazo.

*Em colaboração Felipe Salomão

Últimas