Christina Lemos MBL nega apoio à esquerda e promete protesto contra Bolsonaro

MBL nega apoio à esquerda e promete protesto contra Bolsonaro

Movimento Brasil Livre declara que não pretende “agregar forças às manifestações dominadas pelo PT” e outros partidos embora tenham “um inimigo em comum”

O Movimento Brasil Livre divulgou nota no final deste domingo para esclarecer sua posição quanto às manifestações de protesto contra o governo. O MBL declara que pretende “fazer manifestações pelo impeachment de Bolsonaro” e não o fez ainda “por coerência” diante da elevada taxa de transmissão da Covid-19.

“Nunca tivemos a menor intenção de agregar forças às manifestações dominadas por bandeiras do PT, PSOL, PCdoB e micro organizações da esquerda brasileira”, declara o Movimento, em reação a supostas ameaças de agressão por parte dos integrantes dos protestos deste final de semana. “Somos nós que os repudiamos”, afirma a nota.

O MBL reforça que também pretende ir às ruas contra Bolsonaro, que teria, segundo a nota, “traído” as pautas defendidas pelo grupo. “Já estava marcado para decidirmos a data da manifestação do MBDL e dos movimentos que fizeram - é sempre bom lembrar – o impeachment de Dilma Rousseff, fato que contamos com grande orgulho”. A nota não esclarece quando o MBL deverá ser reunir para fixar a data do protesto. Isso ocorrerá, segundo o documento, "somente em data qem que não estejamos arriscando as vidas do nosso público e da população brasileira". 

Últimas