Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Afonso Paciléo
Publicidade

Perseguição no ambiente de trabalho: entenda os sinais e saiba como agir

Conheça os seus direitos e as medidas legais disponíveis para se proteger

Empreendendo Direito|Do R7 e Afonso Pacileo


Você já se viu em uma situação desconfortável no ambiente de trabalho, onde se sentiu constrangido ou criticado publicamente em relação ao seu desempenho? Já teve a sensação de estar recebendo uma carga de trabalho desproporcional em comparação com seus colegas? Já foram feitos comentários de cunho pessoal sobre você, atingindo aspectos que não têm relação direta com o trabalho?

Identificar os sinais desse tipo de comportamento é crucial para poder agir de forma adequada e proteger-se contra qualquer forma de assédio. Neste artigo, discutiremos os sinais comuns de perseguição no ambiente de trabalho e estratégias eficazes para lidar com essa situação delicada.

Infelizmente, a perseguição no local de trabalho é uma realidade que muitas pessoas enfrentam, podendo assumir diversas formas, desde comentários depreciativos até comportamentos abusivos e discriminatórios.

Críticas Constantes e Desmotivadoras:

Publicidade

O primeiro sinal de perseguição no ambiente de trabalho é caracterizado por críticas constantes e desmotivadoras. Estas críticas não são construtivas e não têm o propósito de promover o aperfeiçoamento pessoal ou profissional, mas sim de desvalorizar e desmotivar o indivíduo. Elas frequentemente têm um caráter pejorativo, minando a autoconfiança e o bem-estar emocional do indivíduo alvo.

Assédio Moral

Publicidade

O assédio moral é uma das formas mais comuns de perseguição no ambiente de trabalho. É comum que os alvos de assédio moral sejam pressionados a atingir níveis de desempenho exagerados e inalcançáveis, muitas vezes com prazos irrealistas. Essa expectativa excessiva não apenas sobrecarrega os trabalhadores, mas também compromete sua saúde física e emocional.

Monitoramento Excessivo

Outro sinal de perseguição no ambiente de trabalho é o monitoramento constante. Isso pode incluir limitar o número de idas ao banheiro e monitorar o tempo de permanência, bem como observar todos os passos da pessoa no ambiente de trabalho. Esse tipo de monitoramento excessivo e cobrança desproporcional pode contribuir significativamente para um clima de hostilidade e desconforto no local de trabalho.

Assédio Sexual

Outro sinal de perseguição no ambiente de trabalho é o assédio sexual, que pode se manifestar de várias maneiras, incluindo convites impertinentes, contato físico não desejado e insinuações explícitas ou veladas de caráter sexual.

Assédio no trabalho: saiba o que fazer
Assédio no trabalho: saiba o que fazer Freepik/@jcomp

O que fazer?

Ao lidar com a perseguição no trabalho, documente as ocorrências, relate ao departamento de Recursos Humanos e busque orientação legal se necessário. Conheça seus direitos, incluindo a possibilidade de rescisão indireta do contrato de trabalho e a busca por indenização por danos morais.

Permanecer informado e agir com firmeza são passos essenciais para enfrentar situações de perseguição no ambiente de trabalho e proteger seus direitos e bem-estar.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.