Governo português quer acelerar venda da TAP

Entre as favoritas à compra da companhia aérea encontram-se a alemã Lufthansa e o grupo que junta a francesa Air France e a holandesa KLM

TAP: governo português tem pressa em privatizar a companhia

TAP: governo português tem pressa em privatizar a companhia

William Alves

O governo português quer avançar com a privatização da TAP ainda este ano, tendo em vista concluir o processo nos primeiros meses de 2023.

Entre as favoritas à compra da companhia aérea encontram-se a alemã Lufthansa e o grupo que junta a francesa Air France e a holandesa KLM.

Já a IAG, liderada pela britânica British Airways e a espanhola Iberia, chegou a sinalizar interesse, mas deverá ser descartada por ser uma ameaça para o hub de Lisboa.

De acordo com o site Eco, o governo tem tido conversas com os assessores financeiros e as companhias candidatas nos últimos meses com alguma regularidade e discrição.

A principal hipótese seria a privatização de pelo menos metade da TAP, mas algumas pessoas dentro do Governo sinalizam que pode não haver resistência em vender uma percentagem perto dos 100%, segundo o jornal Expresso.

A decisão ainda não está tomada, mas os vários cenários estão a ser estudados e equacionados pelo gabinete do ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas