KLM promete atender 163 destinos no inverno 

Serão 92 europeus e 71 intercontinentais. Na América do Sul, companhia holandesa vai operar voos diários para Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e Peru. Na África do Sul, a Cidade do Cabo ganhará 3 voos adicionais  

KLM: companhia holandesa atenderá 163 destinos no inverno

KLM: companhia holandesa atenderá 163 destinos no inverno

Alf van Beem - Wikimedia Commons

A programação de inverno vai de 28 de outubro de 2022 a 25 de março de 2023.,No inverno europeu, a rede da KLM abrangerá um total de 163 destinos: 92 europeus e 71 intercontinentais.

Os novos destinos da rede são Nantes na França, Rovaniemi na Finlândia, Aarhus na Dinamarca e Katowice na Polônia. Neste inverno, a KLM também continuará operando seus voos para Austin (Texas), que foram introduzidos no verão. Em comparação com 2019, a KLM agora oferecerá mais assentos em voos para a América do Norte.

Europa 

A KLM adicionou Nantes, Aarhus e Katowice à sua rede. A partir de 29 de outubro de 2022, Nantes será servido duas vezes ao dia e Aarhus e Katowice diariamente. A rede europeia agora também inclui Rovaniemi (Finlândia), para a qual a KLM voará uma vez por semana de 3 de dezembro a 25 de março de 2023.

Além disso, a KLM aumentará o número de voos que opera para Teeside, Humberside, Cardiff, Southampton (Reino Unido) e Graz (Áustria). Finalmente, Nápoles (Itália) e Split (Croácia) serão servidas diariamente. Embora novos neste inverno, esses voos são uma continuação da programação de verão.

América do Norte
No total, a KLM atenderá 19 destinos na América do Norte (Canadá, EUA, México) neste inverno, representando 11% a mais de assentos em relação a 2019.

A KLM, por exemplo, voará para Los Angeles dez vezes por semana neste inverno, representando três voos extras por semana em comparação com o inverno passado. O serviço para Austin, lançado no verão, continuará. A KLM continuará atendendo o destino de inverno de Cancun, que foi introduzido em 2021.

Neste inverno, a nova Premium Comfort Class da KLM estará disponível para reservas em vários destinos nos EUA e Canadá. Nesta classe, que combina elementos da Classe Econômica e da Classe Executiva Mundial, os clientes poderão experimentar o novo conceito de serviço da KLM em uma parte separada da cabine, oferecendo assentos confortáveis ​​e muito espaço para as pernas.

Caribe e Suriname
O número de assentos no Caribe (especialmente nas Antilhas Holandesas) aumentou mais de 20% neste inverno, em comparação com 2019. Por exemplo, a KLM servirá Curaçao pelo menos 10 vezes por semana, com dois voos diários durante o período de Natal. O voo diário para Aruba – combinado com Bonaire – será operado com a maior aeronave da frota da KLM, o Boeing 777-300ER (408 lugares).

Assim como no inverno de 2021, a KLM também estará operando voos para Bridgetown (Barbados) e Port of Spain (Trinidad e Tobago) nesta temporada.

América do Sul 
O número de assentos disponíveis em voos para a América do Sul aumentará 6% neste inverno em relação a 2021. A KLM operará diariamente voos para Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e Peru.

A Costa Rica, na América Central, será servida quatro vezes por semana.

A KLM operará cinco voos semanais para Paramaribo, também utilizando equipamentos Boeing 777-300ER. A KLM também começará a combinar Buenos Aires (Argentina) com Santiago do Chile (Chile) novamente.

África
A KLM introduzirá três voos adicionais por semana para a Cidade do Cabo, África do Sul. Além do “voo diurno” diário, os clientes agora poderão escolher “voos noturnos” três vezes por semana. Neste inverno, os clientes também poderão voar para Zanzibar em combinação com Dar es Salaam (ambos na Tanzânia).

Será cada vez mais possível reservar a nova Premium Comfort Class da KLM em voos para Nairobi e Dar es Salaam. A KLM estará reconfigurando mais aeronaves de longo curso para oferecer essa nova classe no próximo período, começando com seus Boeing 787 Dreamliners.

Ásia
O número de assentos disponíveis para a Ásia aumentará nada menos que 50% em relação ao ano passado, porque muitos destinos do Sudeste Asiático reabriram suas portas para visitantes estrangeiros.

Os voos de e para Tóquio Narita serão novamente operados sem escalas neste inverno. No entanto, os voos da KLM ainda estão sendo desviados desde que o espaço aéreo russo está fechado.

Os serviços para Kuala Lumpur (Malásia) – com destino a Jacarta (Indonésia) – também serão operados diretamente neste inverno, em vez de voar via Cingapura.

A KLM retomou o serviço para Bangalore (Índia) no verão passado. Esses voos continuarão neste inverno.

Os voos para a China permanecerão limitados por enquanto. A KLM voará para Xangai/Hangzhou três vezes por semana neste inverno com escala em Seul Incheon.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas