Aviões brasileiros têm bolha de isolamento em caso de sintomas 

Os dois aviões que partiram para a China para buscar brasileiros têm equipamento para isolamento caso algum sintoma apareça em voo

Aviões brasileiros têm bolha de isolamento em caso de sintomas

Aviões brasileiros têm bolha de isolamento em caso de sintomas

Divulgação/Defesa

Os aviões brasileiros que decolaram para resgatar brasileiros na China, no epicentro da epidemia do coronavírus, têm uma bolha de isolamento caso algum dos passageiros apresentem sintomas de contaminação durante o voo. A bolha foi desenvolvida pelo Instituto de Medicina Aeroespacial (IMAE), que faz parte da FAB (Força Aérea Brasileira).

A aeronove também tem máscaras mais grossas do que as normalmente usadas por pacientes com doenças contagiosas. O Brasil vai repatriar apenas brasileiros que não tenham sintomas da doença, como febre e problemas respiratórios.  

As aeronaves também vão passar por um processo de desinfecção na volta para evitar que tragam o novo vírus. Cada um dos dois aviões brasileiros levará sete médicos, sendo seis militares e um infectologista ligado ao Ministério da Saúde.