Lewandowski decide divulgar resultados de exames de Bolsonaro

Ministro do STF determina que testes para a covid-19 do presidente da República sejam anexados ao processo e, portanto, divulgado amplamente

Lewandowski decide divulgar resultados de exames de Bolsonaro

Lewandowski decide divulgar resultados de exames de Bolsonaro

Foto: Nelson Jr./SCO/STF (03/03/2020)

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski determinou, nesta quarta-feira (13), que os resultados dos exames de coronavírus do presidente Jair Bolsonaro sejam anexados ao processo e divulgados. 

“Determino a juntada aos autos eletrônicos de todos os laudos e documentos entregues pela União em meu Gabinete, aos quais se dará ampla publicidade", diz na decisão. 

Lewandowski é o relator da ação que solicita a apresentação dos exames para covid-19 de Bolsonaro. A ação, movida pelo jornal ‘O Estado de S. Paulo’, argumenta o interesse público em torno da saúde do presidente. Ao todo, são três exames que Bolsonaro fez para detectar a presença do novo coronavírus.

Bolsonaro informou que realizou o teste para covid-19 duas vezes, ambas em março, e os resultados deram negativos. Entre 7 e 10 de março, o presidente Bolsonaro esteve em viagem oficial aos Estados Unidos e 23 pessoas de sua comitiva contraíram o coronavírus.

Na noite desta terça-feira (12), a AGU (Advocacia-Geral da União) encaminhou ao ministro do STF os resultados dos exames feitos por Bolsonaro. “Os laudos confirmam que o presidente testou negativo para a doença”, diz o órgão em nota. A decisão ocorreu antes que a Corte analisasse a ação.