R7 Planalto 'Seria bom sair', diz Mourão sobre senador com dinheiro na cueca

'Seria bom sair', diz Mourão sobre senador com dinheiro na cueca

Chico Rodrigues (DEM-RR) foi flagrado com R$ 30 mil entre as nadégas durante operação da PF. Parlamentar é vice-líder do governo no Senado

  • R7 Planalto | Daniela Matos, da Record TV, com Plínio Aguiar, do R7

Chico Rodrigues foi flagrado com dinheiro na cueca

Chico Rodrigues foi flagrado com dinheiro na cueca

Jane de Araújo/Agência Senado - 19.02.2020

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), afirmou nesta quinta-feira (15) que seria bom que o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado com dinheiro entre as nadégas, saísse, de forma voluntária, do cargo de vice-liderança do governo federal no Senado.

“Eu acho que seria bom ele, voluntariamente, [se afastar] até para ele poder se defender das acusações de forma mais livre”, disse Mourão no Palácio do Planalto.

Leia mais: Bolsonaro diz que senador Chico Rodrigues não faz parte do governo

Rodrigues foi alvo de uma operação realizada pela PF (Polícia Federal) nesta quarta-feira (14), em Boa Vista. A investigação, sob sigilo, apura desvio de dinheiro destinado ao combate da pandemia do novo coronavírus.

O senador foi localizado pela PF. Rodrigues havia escondido cerca de R$ 30 mil na cueca. Ao todo, os valores descobertos na residência do parlamentar chegariam a R$ 100 mil.

Questionado se a ação impacta na declaração do presidente Jair Bolsonaro, de que a corrupção havia acabado em seu governo, Mourão rebateu. “Não. Se a corrupção fosse de algum ministro ou de algum membro do primeiro escalão do governo aí é outra questão, né? É diferente do que aconteceu aqui em outros períodos do país”, defendeu.

Veja também: Governo quer senador do "dinheiro da cueca" fora da vice-liderança

O vice-presidente argumenta que o senador não é membro do governo. “Ele é uma linha auxiliar do governo. Todos aqueles que estão dentro do parlamento e que trabalham em favor do governo ocupando cargos de vice-liderança ou até mesmo fazendo parte da base é uma linha auxiliar, não é um membro do Executivo”.

Últimas