R7 Planalto Weintraub pede desculpas após compartilhar fake news no Twitter

Weintraub pede desculpas após compartilhar fake news no Twitter

Ministro da Educação compartilhou uma imagem sobre a demissão de um profissional, o que não ocorreu. Horas depois, ele reconheceu o erro

Weintraub pede desculpas após compartilhar fake news no Twitter

Weintraub pede desculpas após compartilhar fake news no Twitter

Antonio Cruz/Agência Brasil

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, pediu desculpas por ter compartilhado em sua conta no Twitter uma fake news (informação falsa).

Na segunda-feira (27), Weintraub compartilhou uma foto com a informação de que a TV Bandeirantes havia demitido o jornalista Reinaldo Azevedo. “Ora ora ora e tal e tal e tal. Perguntar não ofende: será que, após os gastos milionários do Estado de São Paulo com rádios privadas, esta pessoa terá dificuldade em se recolocar? Vejam, paulistas, como o dinheiro de seu IPVA é bem aproveitado”, escreveu.

Leia mais: "Perigo das Eleições 2020 serão os deepfakes", diz senador

Horas depois, informou ter compartilhado uma informação falsa. “Peço desculpas, pois, aparentemente, é uma fakenews difundindo uma demissão que não ocorreu”, reconheceu. O ministro atacou, ainda, que atualmente, “não podemos confiar em certos veículos de comunicação”.

Últimas