Refletindo Sobre a Notícia por Ana Carolina Cury Elon Musk, Marília Mendonça e outros: divórcios de famosos levantam polêmica

Elon Musk, Marília Mendonça e outros: divórcios de famosos levantam polêmica

Banalização nas separações traz reflexão importante a respeito do verdadeiro amor

Nos últimos dias, as colunas de fofocas ficaram repletas de notícias de separação. O relacionamento entre Marília Mendonça e Murilo Huff - pais de Leo, de 1 ano e 8 meses - está entre os que chegaram ao fim. 

Eles já tinham rompido no início da pandemia, por conta das brigas, mas decidiram dar uma nova chance. Apesar das fotos lindas e românticas publicadas nas redes sociais, a relação terminou mais uma vez.

Quem também anunciou o divórcio após três anos de casamento foi o empresário fundador da SpaceX, Elon Musk e a cantora canadense Grimes, pais de um bebê de apenas um ano. Musk, que já foi casado duas vezes, afirmou em entrevista que seu trabalho foi um dos motivos.

Marília Mendonça e Murilo Huff anunciaram que não estão mais juntos. Brigas teriam causado a separação

Marília Mendonça e Murilo Huff anunciaram que não estão mais juntos. Brigas teriam causado a separação

Reprodução

"É principalmente porque meu trabalho na SpaceX e na Tesla exige que eu esteja muito no Texas ou viajando para o exterior já o trabalho dela é em Los Angeles".

Nova pandemia?

Infelizmente, junto com a pandemia da covid-19 veio também um outro problema grave que tem minado famílias: o divórcio. As separações aumentaram em diversos países. O Brasil, por exemplo, registrou um recorde no primeiro semestre deste ano, segundo dados do Colégio Notarial do Brasil. De janeiro a junho de 2021, foram 37.083 divórcios (aumento de 24% em relação ao primeiro semestre do ano passado, início da pandemia).

Para especialistas, entre as razões para isso está a quarentena, que proporcionou que os conflitos familiares aumentassem. Assim, quem já não tinha uma boa convivência passou a cogitar a separação. 

Tive conhecimento de alguns casais que cogitaram romper a relação por causa do desequilíbrio no trabalho, brigas excessivas, objetivos distintos e dificuldades para ter um bom relacionamento amoroso após o nascimento dos filhos (esse último o principal).

O que falei para buscar ajudar esses casais, gostaria de deixar registrado aqui: não seriam esses problemas passíveis de resolução? Você não deu a sua palavra que estaria ao lado dessa pessoa em todos os momentos, até a morte? Que tal tentar novas ferramentas e deixar o egoísmo de lado?

A sociedade tem influenciado as pessoas a fazerem exatamente o contrário e vendem a imagem de que casamento é tortura e que felicidade é ficar com várias pessoas, sem qualquer compromisso. Afinal, para que se prender a alguém em um mundo repleto de oportunidades? Porém, o que não revelam é o vazio existente por traz dessa falsa liberdade.

Além disso, a história de Musk é um ótimo exemplo para entender que divórcio não significa solução. Ele terminou o primeiro casamento por alguns motivos, mas quando entrou no segundo teve novas dificuldades, não mudou no terceiro. Ou seja, ele apenas mudou de esposa, os problemas continuaram.

Ferramentas

Assim, na contramão dessa influência negativa, os apresentadores do programa The Love School - exibido aos sábados, meio-dia, na Record TV - já afirmaram em seu programa - e também nas palestras que realizam na Terapia do Amor - que é um erro pensar que já se tentou de tudo para salvar uma relação. "A boa notícia é que sempre há algo que você ainda não tentou. Na vida temos que aprender a resolver problemas para ter sucesso. E não é diferente no casamento", observou Renato.

Em seu terceiro casamento, Elon Musk se divorcia novamente

Em seu terceiro casamento, Elon Musk se divorcia novamente

Reprodução / Getty

Eles também são autores do best seller Casamento Blindado que se tornou um movimento, uma maneira de pensar e conduzir o casamento. "Talvez você já tenha tentado de tudo que sabe, mas aquilo que ainda não sabe pode ser o que vai salvar o seu casamento, e para isso, existe a Escola do Amor, as palestras, os livros", acrescentou Cristiane.

É notória a existência de um movimento universal para destruir aquilo que sempre foi e será a base de uma sociedade sadia: a família. Por isso, é preciso evitar tomar esse tipo de atitude de forma impulsiva.

É claro que há casos muito graves em que a separação é a única solução, por isso, é preciso colocar os motivos na balança e refletir: o que é melhor, se esforçar para salvar o casamento e ser feliz no amor ou ter que lidar com a dor e todas as consequências que um divórcio traz para a família?

Últimas